SOPCOM interpela o Governo

A Associação Portuguesa de Ciências da Comunicação (SOPCOM) e os centros de investigação com atividades de pesquisa nesta área científica interpelaram o governo sobre o futuro da investigação em Portugal. São sobretudo três as preocupações dos representantes destas unidades, que se reuniram na Universidade do Minho, em Braga, há duas semanas: as mudanças no modelo de financiamento da ciência recentemente anunciadas, a reformulação das áreas científicas e a desvalorização da Língua Portuguesa como língua de produção e divulgação de conhecimento.

Reunidos a convite da Direção da SOPCOM, representantes de todas as unidades de investigação em ciências da comunicação e da informação das universidades portuguesas refletiram sobre o futuro da ciência em Portugal e sobre os desafios que se colocam a esta área científica em particular. Deste encontro resultou um documento interpelativo que a SOPCOM dirigiu em nome de todos os centros de investigação à Secretária de Estado da Ciência.

Com o objetivo de alargar o debate sobre as interrogações que se colocam a esta área científica depois das alterações anunciadas recentemente em matéria de financiamento e de organização das unidades de investigação, os centros de investigação em ciências da comunicação e da informação e a SOPCOM tornam pública esta tomada de posição, divulgando amplamente o documento dirigido ao governo que pode ser lido aqui.

Já noticiado pelo jornal PÚBLICO.

Madalena Oliveira

Advertisements

One thought on “SOPCOM interpela o Governo

  1. Pingback: Mudanças no financiamento da investigação – a posição da SOPCOM | Indústrias Culturais

Os comentários estão fechados.