Capa publicitária?

ImagemÉ de mim ou a capa do Público de hoje tem uma proporção desmedida de publicidade? É certo que não olharei sempre com a mesma atenção e bem sei que isto tem acontecido de formas diversas outras vezes. E também sei que será mais ou menos inevitável. Mas hoje fui mais sensível… e não gostei.

Talvez nem seja tanto a invasão da publicidade no espaço nobre da informação o que hoje me desagrada. É que nem do ponto de vista estético esta primeira página é agradável. Há ruído visual que não condiz com o estilo e a qualidade gráfica próprios do jornal Público.

2 thoughts on “Capa publicitária?

  1. Tem de se sustentar os jornais..hehe
    Realmente não tinha reparado, e ainda ao bocado estava com um à frente.

  2. Em termos de espaço parece ser o equivalente a um rodapé, por isso não me parece excessivo. Cumpre também a regra legal de identificação como publicidade. A questão está na colocação da barra amarela cortando a coerência gráfica da página.
    Do ponto de vista publicitário é interessante, parecendo uma cinta à volta do jornal que, idealmente, se deveria prolongar na última página. E este artifício terá custado certamente mais do que o espaço padronizado.
    Do ponto de vista jornalístico é, certamente, uma cedência (inevitável?) aos imperativos do capital.

Os comentários estão fechados.