Afinal o “24 Horas” não acabou…

Imagem

Disseram-nos há um ror de meses que o jornal 24 Horas tinha acabado. Até nos mostraram uma última primeira página bastante curiosa: o jornal acabava mas era o maior na denúncia e na capacidade de “contar tudo”…

Afinal, parece que não acabou. Ou então assumiu uma nova identidade, lá longe, junto da diáspora portuguesa. Pode ver-se aqui e aqui como o 24 Horas, com o mesmo logotipo e tudo, continua a existir e a constituir um autêntico “vício diário”. Mais: é, aparentemente, o único jornal diário de língua portuguesa publicado no estrangeiro, com distribuição em diversos estados dos EUA.

Mas o que é engraçado é que ele é igualzinho, igualzinho, ao ‘nosso’ Correio da ManhãNa imagem ao lado apresentamos exemplos de umas primeiras páginas recentes só para comparar. Mas é todos os dias assim, embora com algumas diferenças editoriais em páginas interiores.

Mais uma notícia à atenção do ministro Álvaro: às tantas, o Correio da Manhã também decidiu começar a ‘franchisar-se’ lá por fora e nós é que não sabíamos… Bem vistas as coisas, os pastéis de nata não são o único produto sólido e prestigiado que temos para exportar!

Anúncios

6 thoughts on “Afinal o “24 Horas” não acabou…

  1. Caro Joaquim. O 24 Horas de Newark era publicado com “material” do 24 Horas português (apenas com alguma pro. Quando este acabou, os responsáveis do “americano” ficaram de mãos a abanar, chegaram a anunciar o seu fim, suspenderam a publicação, mas depois reapareceram com conteúdos do… Correio da Manhã. Coisas.

  2. O 24 Horas de Newark era publicado com “material” do 24 Horas português (apenas com alguma produção local). Quando este acabou, os responsáveis do “americano” ficaram de mãos a abanar, chegaram a anunciar o seu fim, suspenderam a publicação, mas depois reapareceram com conteúdos do… Correio da Manhã. Coisas. 😉

    [repito por erro no primeiro]

    • Obrigado pelo esclarecimento, Miguel Marujo. O curioso é que, como diz a Elsa Costa e Silva noutro comentário, eles continuam a falar de um entendimento formal com a Controlinveste, quando de facto as coisas agora devem estar articuladas com o grupo Cofina. É ver como, na cabeça do seu site (http://www.24horasnewspaper.com/), este “24 Horas” se apresenta como parceiro do “Correio da Manhã” – e do “Record”… Além disso, as horas a menos que os fusos horários dão a Newark, relativamente a Portugal, permitirão com alguma facilidade usar o CM “do dia” para refazer o seu próprio, no mesmo dia.

  3. O mais estranho disso é que na sua identificação e história, a publicação continua apenas a referir como propriedade o grupo Controlinveste quando o Correio da Manhã é do grupo Cofina. Isto será uma parceria entre grupos???

  4. A direcção do 24horas – Portugueses Daily Newspaper, sediado na costa leste
    dos Estados, ao tomar conhecimento através do presente blog, que o histórico
    do jornal estava a criar alguma confusão por não ter sido actualizado na devida
    altura, prontamente o fez.
    Assim, se o site do jornal http://www.24horasnewspaper.com for agora visitado,
    ficar-se-á devidamente esclarecido, veriificando-se que a Controlinveste nada
    mais tem a haver com esta publicação. Bem hajam.

Os comentários estão fechados.