Jornais: espreitando à janela do futuro

Mais um trabalho editado pelo OberCom, que acaba de sair, da autoria  de Gustavo Cardoso, Jorge Vieira e Sandro Mendonça. Com base num amplo leque de fontes nacionais e internacionais, procura delinear as tendências e perspectivas sobre o que serão os jornais no futuro.
Destacamos aqui as 10 ideias que os autores propõem para os “novos jornais”:

1. Na sociedade de informação os leitores fazem parte do jornal.

2. Se algo não for facilmente acessível ao leitor ele encontrará forma de o obter em qualquer outro lado e de qualquer outro modo.

3. Os jornais não são de papel – nem apenas de palavras escritas.

4. Os jornais sobreviventes e renovados serão as novas agências
noticiosas do século XXI.

5. Os jornais são organizações que servem propósitos económicos e
éticos.

6. Os jornais trabalham num território situado entre os dados brutos e o conhecimento refinado.

7. A “marca” de um jornal tem vida para além das páginas.

8. O jornal foi uma rede social antes das redes sociais.

9. Num jornal e no jornalismo há novas profissões a emergir.

10. O jornal de hoje pode bem ter de ser diferente do de ontem.

Consultar o estudo: AQUI

2 thoughts on “Jornais: espreitando à janela do futuro

  1. Pingback: Recommended Links for April 6th | Alex Gamela - Digital Media & Journalism

Os comentários estão fechados.