A quem clama por liberdade

Partilho inteiramente o que escreve o Prof. José Manuel Paquete de Oliveira, no Jornal de Notícias, sob o título “O procedimento e o conteúdo”:

“Um outro problema político e grave é o que vem sendo conhecido pelo conteúdo dos documentos julgados em segredo de justiça. O seu conhecimento público não esconde o aludido ou alegado plano do actual Governo para controlar órgãos de Comunicação Social ou calar jornalistas. A pressuposta acção atentatória contra a liberdade de expressão é em si mesmo um caso. Não dá direito a alguém dizer que no actual Portugal não há liberdade de expressão. O facto de alguns poderem declará-lo e, porventura, virem a prová-lo, é a verificação da existência dessa liberdade. Sou a favor do esclarecimento total possível das eventuais acções para cercear esse direito. Para invocar esse meu direito basta o que vivi quando, neste país, não havia liberdade de expressão. (…)”

Texto integral: AQUI

Anúncios