Um novo “24 Horas”?

Já há tempos tinha reparado, mas pensei que seria uma situação fortuita. De há uns dias para cá, continuei a reparar mais sistematicamente — e já não me parece um acaso ou uma coincidência. O “24 Horas“, exemplo mais próximo (entre nós) daquilo a que poderia chamar-se “jornalismo sensacionalista”, alterou aparentemente a sua estratégia, passando a apostar em manchetes da área do desporto. Ou melhor: da área do futebol. Aquelas primeiras página com grandes títulos e fortes imagens à volta de sangue, de acidente, de crime, de escândalo ou de “socialites”, deram lugar a destaques futebolísticos sistemáticos. Estratégia de jornal, para tentar ir ‘pescar’ novos leitores num segmento de mercado que sabemos continuar em alta? Ou estratégia de grupo (grupo Controlinveste), procurando ter em Lisboa e no Sul (onde o “24 Horas” se vende mais) uma penetração na área do desporto que o diário desportivo do grupo (“O Jogo“) consegue mais dificilmente? A acompanhar…

Como prova desta minha percepção, aqui ficam quatro primeiras páginas de diferentes dias desta semana:

24horas_Lx_20-10-09

24horas_Lx_21-10-09

 

 

 

 

 

 

 

 

 

CAPA 371.ai

CAPA 371.ai

One thought on “Um novo “24 Horas”?

Os comentários estão fechados.