Ele há cada “coincidência” (II)…

É uma estratégia que parece ter indícios de uma qualquer grande marcha para o abismo.
Os desportivos de expressão nacional lá continuam a fazer de maneira muito idêntica, a usar linguagem muito idêntica e a ter opções editoriais…muito idênticas.
Hoje foi assim:
20091012_DesportivosIguais_wNão se trata aqui de insistir num olhar discriminatório (o ‘fazer de maneira idêntica’ não é caso único dos desportivos) mas antes de tentar perceber porquê.
Porquê assim e porquê de forma tão regular?

Advertisements

5 thoughts on “Ele há cada “coincidência” (II)…

  1. Pingback: Twitter Trackbacks for Ele há cada “coincidência” (II)… « Jornalismo e Comunicação [mediascopio.wordpress.com] on Topsy.com

  2. “Porquê assim e porquê de forma tão regular?”

    Oh Luís acho que a resposta é evidente com outra pergunta – há espaço real (informação) para tanto DIÁRIO desportivo em Portugal?

    Não é uma questão de vendas, porque se pagassem melhor aos jornalistas as magras vendas não chegariam para cobrir as despesas…

  3. Atenção, este caso é muito diferente do que foi relatado aqui anteriormente. Não confundir “product placement” (que é marketing puro e duro) com assessoria (que é uma ferramenta das RP, que por sua vez são uma disciplina do marketing, como sabem). Portanto, esta situação a que o Luís Santos chama coincidência é muito menos grave (eticamente, creio que nem o é de todo; talvez apenas do ponto de vista das opções editoriais, mas mesmo a esse nível tenho dúvidas) do que o caso em que os interesses comerciais dos jornais junto de um seu anunciante se sobrepuseram a tudo o que um jornal deve representar (ao ponto de trazerem à capa situações que não eram notícia).

  4. Pingback: Ele há cada coincidência (III) « Jornalismo e Comunicação

Os comentários estão fechados.