Jornadas de Ciências da Comunicação

jornadas

Estão a decorrer desde ontem, na Universidade do Minho, as Jornadas de Ciências da Comunicação, organizadas pelo Grupo de Alunos de Ciências da Comunicação (GACSUM). No primeiro dia, falou-se de Relações Públicas, Fotojornalismo e Cinema. Hoje debate-se a regulação do jornalismo no ciberespaço com Daniel Catalão (RTP), Pedro Cunha (Mais Futebol) e Manuel Molinos do Jornal de Notícias. Em Ano Internacional da Criatividade, falar-se-á finalmente, no último painel temático, da criatividade na Publicidade.

Anúncios

3 thoughts on “Jornadas de Ciências da Comunicação

  1. Apesar de infelizmente, só ter podido assistir a dois dos quadros destas Jornadas ( na manhã de ontem e na de hoje ), posso já dizer, com segurança, de que foram um sucesso!
    As cadeiras vazias da primeira sessão de abertura de ontem, logo se encheram de estudantes que confirmaram o interesse em aproveitar uma oportunidade tão gratificante quanto esta, de poderem aprender e crescer, com a experiência de convidados com reconhecidos contributos dentro das áreas do nosso curso.

    No entanto, o debate da manhã de ontem – em que foram abordados apectos relacionados com o futuro das Relações Públicas – levantou o véu a algumas lacunas do curso e, claro, da profissão. Lacunas que, tal como a Dr.ª Gisela Gonçalves sugeriu, poderiam ser resolvidas se a profissão fosse, de facto, reconhecida.

    A Dr.ª Luísa Bessa, referiu a importância de se criarem redes para se ter sucesso na profissão. Ora, se essa tarefa é mais fácil para os jornalistas, claro que, serão para jornalistas que se abrirão mais portas no mercado da Comunicação.
    Acho que esta minha insegurança em relação ao futuro, deve ser partilhada por todos os meus colegas e não considero justo. Isto porque, apesar de ser uma futura licenciada em Ciências da Comunicação, não poderei trabalhar num jornal, ou pelo menos não o poderei fazer enquanto Jornalista. Porque razão podem os Jornalistas ser Relações Públicas, sem habilitações académicas para, de facto, o serem? Para quando um reconhecimento formalizado da profissão?

    Cumprimentos

  2. Olá! Se possível, quero pediro ao professor Manuel o outra pessoa que participou do encontro contar com textos quais as principais discussões. Estou aqui no Brasil e não é possível acompanhar de perto.

    E a título de curiosidade, o jornalismo em portugal não é regulamento como profissão que exige diploma?

    Abraços a todos

Os comentários estão fechados.