Acelera a migração da audiência para a web

A migração da audiência de media noticiosos para a web acelerou de forma acentuada em 2008, enquanto que a recessão afectou fortemente o investimento publicitário. Estas poderiam ser as duas principais notas conclusivas com que o Pew Research Center’s Project for Excellence in Journalism apresenta o seu “Estado do jornalismo nos Estados Unidos da América” no ano transacto, um estudo que vai já na sexta edição e que foi hoje divulgado ao início da tarde.

A deslocação das audiências para a web continuou a fazer-se sobretudo para sites de media tradicionais (um crescimento de 24%  nos 50 sites noticiosos mais relevantes), ainda que os rendimentos com a publicidade tenham ficado muito longe de tal subida e, no caso dos jornais, tenham mesmo diminuído.

Em jeito de balanço, os autores do relatório põem água na fervura relativamente às visões mais apocalíticas quanto ao futuro do jornalismo e da imprensa. “A noção de que o jornalismo tradicional se encontra em vias de extinção é exagerada”, salienta o estudo, acrescentando, ao mesmo tempo, que “a morte dos jornais não está para breve, apesar das falências e dos encerramentos”.

O estudo compreende um capítulo de natureza geral (“overview”) e capítulos sobre a imprensa, o online, a televisão (nacional, local e cabo), a rádio, as revistas e os media de grupos étnicos. Contém igualmente relatórios especiais sobre Citizen Based Media, Lessons of the Election New Venturese

Para ler / imprimir o relatório integral: AQUI.

2 thoughts on “Acelera a migração da audiência para a web

  1. Creio que a realidade dos EUA não será igual à nossa, tendo em conta que somos um País ainda bastante rural e que resiste à mudança. Não o digo com um sentido pejorativo, mas como uma evidência. Nas cidades pequenas e ainda mais nas aldeias e vilas, todos gostam do velho jornal de papel e com ele se identificam. A maioria não usa ou está interesado em usar a web para aceder às notícias. Muitos nunca o farão. Os jornais impressos têm ainda muito para viver, pelo menos no nosso País. Basta continuar a fazer o leitor sentir-se em casa quando os lê e, aqui sim, está a maior doença do jornalismo de hoje. O não assumir a sua identidade rural e manter-se junto ao povo.

  2. Pingback: Acelera a migração da audiência para a web « Pronto Commerce

Os comentários estão fechados.