Fraca confiança nos jornalistas

Cerca de dois dois terços dos portugueses confiam pouco ou nada nos jornalistas, segundo o estudo European Trust Brands 2009, divulgado pela revista Reader’s Digest e a que o Público faz hoje referência. Em contrapartida, um terço confia bastante ou mesmo muito. Os dados relativos a Portugal revelam que, ainda assim, o grau de confiança e ligeiramente maior entre nós do que nos outros 15 países europeus analisados.

Numa listagem comparativa de diversas profissões, verifica-se que os bombeiros são a profissão mais confiável, tanto cá como lá fora. No extremo oposto estão os políticos. confianca-nos-jornalistas-09confianca-em-profissoes-09