Uma imprensa que preste contas

a-more-accountable-press2Uma comissão independente criada pela Media Standards Trust acaba de publicar o relatório “A More Accountable Press” sobre a auto-regulação no Reino Unido, que é bastante crítico para o papel que tem vindo a desempenhar a Press Complaints Commission (PCC).
De acordo com o relatório, a PCC tornou-se mais uma defensora dos interesses da imprensa do que do público. E uma instituição que foi criada para instituir canais auto-regulados que permitissem aos cidadãos apresentar as suas queixas e exigir a correcção de comportamentos, acabou por contribuir, segundo o relatório agora apresentado, para minar a confiança do público na imprensa. A crescente intromissão na vida privada e a falta de rigor são alguns problemas identificados, que têm vindo a aumentar. E muitas pessoas, descrentes dos processos de auto-regulação, acabam por se virar para os tribunais.
O documento constitui a primeira parte de um estudo que terá continuidade num segundo volume, centrado nas medidas a tomar para superar os problemas identificados.

Anúncios