Todas essas ‘não-notícias’

“Só ontem, foi anunciado, por várias empresas multinacionais, um conjunto de despedimentos que equivalerá à perda de 70 mil postos de trabalho. (…) A segunda-feira negra do emprego, como ontem já se lhe chamava apenas revela uma pequeníssima parte do que está a acontecer. É menos do que a ponta emersa do iceberg, pois deverá representar bem menos de um décimo dos empregos que estão a desaparecer um pouco por todo o mundo. O que os distingue é que são notícia – as grandes empresas são sempre notícia. Mas quem dá notícia do empregado que deixamos de ver no café que frequentamos? Ou na loja da esquina? Ou quem repara que agora há um taipal onde antes estava uma montra? (…) Contudo, todas essas ‘não-notícias’, esses micro-eventos que. mesmo quando ocorrem ao nosso lado, podemos não dar por eles podem ser, ou são mesmo, socialmente muito mais desestabilizadores que qualquer dos lay-off listados pelo Wall Street Journal“.

José Manuel Fernandes, Público, 27.1.2009

Advertisements

One thought on “Todas essas ‘não-notícias’

  1. Pingback: Todas essas ‘não-notícias’ : jornalismo

Os comentários estão fechados.