Jornalismo na Europa: Quem precisa de Regulação?

A Conferência ‘Jornalismo na Europa: Quem precisa de Regulação?’, promovida pelo Centro de Estudos de Comunicação e Sociedade e que terá lugar no dia 15 de Maio de 2009, no Auditório B1 da Universidade do Minho, tem agora o seu programa integralmente definido:

9h30: Sessão de Abertura
Manuel Pinto, Director do Centro de Estudos de Comunicação e Sociedade, Universidade do Minho
Augusto Santos Silva, Ministro dos Assuntos Parlamentares
Denis McQuail, Prof. Jubilado da Universidade de Amesterdão
Helena Sousa, Presidente da Comissão Organizadora

11h00 Intervalo para café

11h30: Reflectindo sobre a Incerteza: Quadros de Referência para Pensar a Regulação
Josef Trappel, Coordenador do EuroMedia Research Group e Professor da Universidade de Zurique. «New Policy Paradigms in Times of Media Change?»
Jeremy Tunstall, Professor Jubilado da City University, Londres. «Self-Regulated Multi-platform Journalism: An Anglo Myth?»
Moderação – Elsa Costa e Silva, Investigadora do Centro de Estudos de Comunicação e Sociedade

13h00 Intervalo para almoço

15h00: Olhares Cruzados sobre as Práticas de Regulação em Portugal
Azeredo Lopes, Presidente da Entidade Reguladora para a Comunicação Social
Alfredo Maia, Presidente do Sindicato de Jornalistas e Jornalista do Jornal de Notícias
Afonso Camões, Administrador da Global Notícias
Paquete de Oliveira, Provedor do Telespectador da RTP
Moderação – Joaquim Fidalgo, ex-provedor do Público e membro do Centro de Estudos de Comunicação e Sociedade

17h00: Sessão de Encerramento

Entrada livre.
Declaração de interesse: presido à Comissão Organizadora que integra outros membros deste blog (Manuel Pinto, Joaquim Fidalgo, Luís António Santos e Felisbela Lopes)

Anúncios

Estados Gerais da Imprensa (Fr) – Livro Verde

A iniciativa ‘Estados Gerais da Imprensa Escrita‘, lançada pelo presidente francês, Nicolas Sarkosy, em Outubro do ano passado, resultou na elaboração de um Livro Verde que acaba de ser formalmente entregue à ministra da tutela.
O trabalho pode ser consultado em partes…

  • Pôle I – Métiers du journalisme, aqui
  • Pôle II – Processus industriel, aqui
  • Pôle III – Presse et Internet, aqui
  • Pôle IV – Presse et société, aqui

…ou pode ser descarregado na totalidade.

Estão também disponíveis inúmeros documentos parcelares – aqui – que estiveram na base do detalhado processo de auscultações e debates (o trabalho envolveu 148 participantes –  49 jornalistas, 19 representantes da imprensa nacional, 18 representantes da imprensa local e regional e 27 representantes de revistas – ao longo de 72 reuniões).

Bloco de Notas do Google

O Google já disponibilizou há algum tempo a ferramenta do Bloco de Notas. No meio do incessante fluxo de novidades deve ter-me passado. Ultimamente venho descobrindo o grande interesse para quem quer guardar e gerir de forma expedita informação relevante encontrada na Internet.
Dado que tenho verificado o pouco conhecimento que há deste recurso, aqui ficam algumas dicas. Basta fazer o download de uma extensão. Na barra de status surge um pequeno ícone que, accionado quando se encontra uma dada página que nos interessa, regista o link, as imagens e textos que quisermos seleccionar. Os materiais recolhidos podem ser guardados em pastas temáticas e cada item ser classificado com um normal sistema de etiquetas.
Cada utilizador pode criar um ou vários cadernos de apontamentos online, geríveis e modificáveis a qualquer momento, os quais permitem organizar séries de itens, organizar informação, pesquisar, imprimir, etc.

A versão em português (do Brasil) está aqui.
Um pequeno guia de utilização: aqui e aqui.