“Nos por cá” diariamente na SIC

nos-por-caFoi há pouco apresentado, em Lisboa, o novo formato e as novas características que passa a ter, a partir de segunda-feira,  o programa “Nós por Cá”, da SIC, apresentado pela jornalista Conceição Lino.
Rui Couceiro, que terminou recentemente na Universidade do Minho uma tese de mestrado precisamente sobre este programa – no qual já trabalhou, em tempos, como estagiário – tem acompanhado de perto a trajectória de “Nós por Cá” (NPC) e conversou com a apresentadora, dando-nos conta das suas observações no texto “Diariamente… com os cidadãos“, que publicamos no Blogue de Apoio.
De acordo com a investigação feita por Rui Couceiro, “o NPC semanal recebia cerca de dez mil e-mails por ano”. “Em 2007 e 2008, 90% dos casos recebidos chegaram por e-mail e, desses, 60% possuíam anexos (em maioria, documentos e fotografias captadas pelas pessoas – “cidadãos repórteres”). Relativamente a conteúdos, a maior parte dos casos (cerca de 60%) era de interesse colectivo e não individual” – salienta o autor da pesquisa.
Couceiro entende que o programa tem sido “um exemplo de jornalismo participativo. Jornalismo, porque editado por uma jornalista profissional, vinculada a códigos éticos e deontológicos; participativo, porque funcionava com o auxílio dos cidadãos, que colaboravam, grande parte das vezes, com vista a um propósito colectivo e com recurso às novas tecnologias”.

82 thoughts on ““Nos por cá” diariamente na SIC

  1. e o primeiro programa foi excelente! Acho muito bem que se estudem estes casos raros de excelência no nosso jornalismo.

  2. não sei como posso chegar noticias até vós, visto que tenho uma noticia de uma anexação de uma rua por um ex. presidente de junta de freguesia, e que está a correr muita tinta, e muitas criticas por parte da população.
    para mais promenores queiram entrar em contacto, ou enviar-me o local certo para vos enviar promenores sobre este assunto.

  3. sem duvida um grande pograma,é de daros parabens à sic e tambem +por ter apostado nessa jornalista o pograma sem ela ñ seria igual meus parabens

  4. sem duvida mais uma vez ,venho a dar os parabens ao director de pogramas por ter apostado no pograma e essencialmente nessa mesma jornalista,sublinho novamente para dar os parabens a ela tem muito sentido de humor, quando se trata de assuntos bem graves, q se tds os dias, e ela sublinha esses promlemas com um sentido de humor fora de serie,boa sorte para este pograma ela bem merecia estar no ar a esta hora td isto se deve ao trabalho dela,evidentemente tambem a toda a equipa q está atrás das cameras….. MEUS PARABENS

  5. É fantástico o profissionalismo de toda a equipa a coragem dos temas que são divulgados e a subtileza com que são apresentados PARABENS

  6. OLA EU SOU MAE DE UM MENIMO COM PARELICIAE GOSTAVA DE FALAR SOBRE O ASSUNTO ELE FOI VITIMA DE NEGLEGENCIA MEDICA E NA HORA DE AJUDAR O ESTADO FOGE nao da a ajuda que ele precisa pelo contrario so he tira o que tem dereito de arreceber gostava de comentar con vos o pais que nos temos e uma vergonha

  7. sou residente no Seixal, pago a água á Camara Municipal do Seixal.
    No príncipio deste ano, recebo um factura desta autarquia de 0,26 centimos para pagar, desloquei-me aos serviços da água para pagar, a minha factura de 0,26 centimos, o funcionário que me atende pede-me 1,50Euro e justifica-se que esta factura estava no contencioso, perguntei ao funcionário o porquê …, não me soube responder.Esta importancia era respeitante a uma factura de Outubro 2007. fiquei espantada… Tenho as facturas todas pagas.
    Cheguei a pagar 2 facturas por mês, uma no principio do mes e outra no fim,desloquei-me aos serviços qual o motivo que pagava duas vezes por mês a funcionária também não soube explicar. É lamentável que estes serviços tenham funcionários sem competência…e que esta Camara Municipal do Seixal, só sabe extorquir dinheiro aos contribuintes,sem qualquer explicação.

  8. Caras Patrícia Maciel e Gracinda Almeida,

    Apesar deste texto versar o Nós por Cá, este blogue não é a melhor forma de contactarem os responsáveis pelo programa.

    Sugiro que escrevam para nos@sic.pt. Essa é mesmo a melhor forma que temos para as ajudar.

    Obrigado

  9. PARABENS SIC,NOS POR CA,E´UM EXELENTE PROGRAMA,PRINCIPALMENTE PARA POR MUITAS COISAS EM HORDEM,QU E´O QUE FALTA EM PORTUGAL,CONTINUEM POR MUITOS ANOS.

  10. SOU RESIDENTE NA RUA DE TIMOR,EM RIO TINTO (GOMDOMAR)E´INACREDITAVEL ,POIS HA DOIS MESES QUE CAIU UMA PLACA DE TRANSITO,DERIVADO AO TEMPORAL,VIERAM 3 PESSOAS BUSCAR A DITA PLACA,EU PESSOALMENTE A COLOCARIA NO STIO EM ALGUNS MINUTOS,MANDEI UM MEIL PARA A JUNTA DE FREGUESIA DE R.TINTO,A RESPOSTA FOI QUE NÃO ERA NADA COM ELES,MANDEI OUTRO MEIL PARA A CAMARA DE GONDOMAR HA´VARIAS SEMANAS,NEM RESPOSTA,OUTRO PARA A JUNTA AUTONAMA DAS ESTRADAS,E NADA SEM RESPOSTA,E E´ASSIM QUE CONTINUAM A ROUBAR DESCARADAMENTE O DINHEIRO DOS CONTRIBUINTES,NAS PROXIMAS ELEIÇÕES ,VAMOS VOLTAR O VOTO AO CONTRARIO,E ESCREVER AQUILO QUE SÃO OS NOSSOS POLITICOS .CORRUPTOS.

  11. boa noite e bom ano para todos vós moro na urbanização matos grandes em camarate que tem perto de 5 anos e temos um jardim zoológico em camarate e uma horta de grandes legumes não comestiveis fazendo lembrar o Entroncamento com tanta variedade e opcções. Gostava que nos ajudassem a resolver esta vergonha a céu aberto.Só para vos informar temos o seguinte. Ratazanas, cães vadios, árvores caidas, candeeiros sem luz, jardim sem manutenção, ervas nos passeios,entulho deixado ao abandono,buracos sem tampa ou sinalização, passeios partidos e desnivelados,e um sem mais rol de coisas.

  12. vosso progama vai ajudar muita gente mas tambem vai fazer corar muita gente de vergonha como os presidentes de junta os presidentes de camara e todo o estado que (nós por cá) NÃO TEMOS vamos mudar o voto sim ao contrário e escrever mal muito mal mesmo muito mal agradeço a todos vós sois os maiores os melhores vamos votar sic sic sic obrigado Conceição Lino e todos os que têm coragem de fazer o progama

  13. Caros Octávio Moita e Daniel Pinto,

    O contacto do programa já foi indicado por duas vezes em comentários a este post. Repito-o, para que possam enviar os vossos casos para o local apropriado e, assim, ter o acompanhamento que pretendem: nos@sic.pt.

    Obrigado

  14. Moro no Bairro do Condado tendo como senhorio a conhecidaGebalis. Pois chove na cosinha a varanda da mesma tem
    brechas e tanto a Gebalis como a Camara monicipal de lisboa
    empurram uma para a outa e o tempo vai passando.a primeira
    participação que eu fiz foi em fins de Dezembrode 2007 uo Janeiro de 2008.Sendo o problema resultante de umas obras que decorreram em todo o bairro que .

  15. Moro no Bairro do Condado tendo como senhorio a conhecidaGebalis. Pois chove na cosinha a varanda da mesma tem
    brechas e tanto a Gebalis como a Camara monicipal de lisboa
    empurram uma para a outa e o tempo vai passando.a primeira
    participação que eu fiz foi em fins de Dezembrode 2007 uo Janeiro de 2008.Sendo o problema resultante de umas obras que decorreram em todo o bairro .

  16. estou a poco tempo na cidade de lisboa, agora mudei-me para Odivelas, e no final da calçada da carrixe, gostaria que a sic, tenta-se fazer a viagem sentido lumiar – Odivelas e sair sentido Povoa de S. Adrião, e confirmar as belas marcações que se encontram marcadas no chão..

    sem mais.

  17. MORO NA RUA DE ALJUBARROTA Nº6 4ªCAVE ESQUERDA ASSUNTO O TETO DA MINHA CASA DESABOU PORQUE QUANDO CHOVE A AGUA VAI TODA PARA DENTRO JÁ FUI TER A CAMARA MAIS OS ENGINHEIROS QUE LÁ FORAM NÃO RESOLVERAM O PROBLEMA VOLTEI A CONTACTAR A CAMARA E MADARAM-ME PARA O VERIADOR SR VERIADOR MANDOU-ME NÃO ATENDEU-ME, O SR QUE ATENDEU-ME DISSE-ME PARA ESCREVER UMA CARTA E AGUARDAR JÁ LA VÃO 10 ANOS E AINDA NÃO RESOLVERAM O PROBLEMA HOJE O TETO DA MINHA CASA CAIU NÃO SEI COMO RESOLVER ESTÁ SITUAÇÃO POR FAVOR PEÇO A SIC QUE FAÇA UMA UMA REPORTAGEM PARA VER SE SERESOLVE O PROBLEMA

  18. venho por este meio pedir à Conceição Lino, que conheço muito bem porque tem família em Amieira di Tejo, que leve uma equipa de repotagem a Vila Franca de Xira à nova passagem pedonal que lá fizeram, e que vai de Alhandra a V. F. de Xira, a qual está muito bonita , mas tem um senão… A dita cuja está estremamente perigosa porque o engenheiro que admitiu a abertura desta, não deve perceber nada de segurança assim como a Sra Presidente da Câmara, porque não á um gradeamento durante 1,5Kms que evite alguém cair ao rio se escorregar ou se destraia a andar de bicicleta, ou até alguma criança que ali ande de patins, e garanto-lhe que são muitas. Podemos fazer bem ás pessoas criando infrastruturas de lazer e passeio, mas o que não podemos é olhar só para a parte politica da coisa, temos também que ver a humana, e neste caso não está patente no local uma vez que este é extremamente perigoso para quem ali vai passear ou praticar desporto, não sabendo que á espreita está a tragédia que mais tarde ou mais cedo vai acontecer. Por tudo isto peço que se desloquem ao local, que fica no Parque Urbano do Cevadeiro em Vila Franca de Xira, e denunciem a situação que aqui vos ponho para bem de todos os utentes daquele espaço que é aprazivel e bonito, mas o que custou 6.088.800,00€ e não tem segurança nenhuma não é admissível.

  19. Caro Ezequiel Nunes, caros leitores,

    Este NÃO É um blogue do Nós por Cá, nem uma forma de contactarem a Conceição Lino e restante equipa do programa.

    Volto a aconselhar que escrevam para nos@sic.pt ou que visitem http://www.sic.pt/nos.

    Repito: não vale a pena deixarem aqui os vossos casos.

    Obrigado

  20. a senhora hoje no ar diz que e falta de educaçao dizer srª alice,que e mais certo srªdona alice.
    e que e falata dos que educao.
    para essa senhora eu falo sempre senhora e fui muito bem educado.
    e dona so se for dos seus animais de estimaçao

  21. Olá.Eu gosto muito de ver este programa.Eu ja nasci cá em Portugal,mas infelizmente á pessoas muito infelizes.Estive a ler uns comentários sobre a revista “afro”.Muitos dos comentários não fiquei contente,porque cá em Portugal ainda á muito racismo.Ainda á muitos preconceitos.Tem vários tipos de revistas que eu gosto de ler,mas a maioria é para pessoas brancas.E na “afro” tem tudo a ver com mestiças e negras.Principalmente maquilhagem e penteados,coisas que as outras revistas não tem!Só que á pessoas que não aceita.Essas pessoas não pensão quantos portugueses estão na Europa,nos EUA,em África,eles não pensam nisso!Não sei porque á tanta discriminação,se vamos morrer todos e vamos parar todos debaixo da terra para os bichinhos.Obrigado por ler esta mensagem.Paz e Amor

  22. Pingback: Fique por dentro Por » Blog Archive » “Nos por cá” diariamente na SIC « Jornalismo e Comunicação

  23. Pingback: Fique por dentro Factura » Blog Archive » “Nos por cá” diariamente na SIC « Jornalismo e Comunicação

  24. Tenho uns videos e fotos para mandar para o programa “Nós por cá” e não consigo enviar para – nos@sic.pt
    Assim que envio, a mensagem é devolvida, que se passa?

  25. eu sou a catarina campos,tenho 8 anos e sou amiga do s. manuel rodrigues domingues que mora na estrada da granja,casalinho padre cruz e cada vez qe quero ir lá visitá-lo é sempre muito dificil porque o caminho para a casa dele está cheio de buracos,quando chove parece um rio e nem as pessoas nem os carros conseguem passar e o visinho dele que tem estufas de flores pos uns tubos em cimento muito altos que mesmo sem chuva é muito dificil os carros lá passarem porque batem com a parte debaixo nesses tubos que atravessam o caminho.o senhor manuel já é uma pessoa de certa idade e não sabe ler nem escrever.gostava que o ajudassem.obrigdo.

  26. Manuel Moreira. Sou residente na Rua central de VANDOMA N.600CONCELHO DE PAREDES.Em plena estrada nacional 15 e apenas 17. KM do PORTO. E vergonha os maus cheiros por falta dos SANEAMENTOS.(NAÕ EXISTE SANEAMENTO). JÁ LUTO Á DEZ ANOS CONTRA ESTE PROBLEMA..

    ATENCIOSAMENTE MANUEL MOREIRA

  27. Sou residente na Rua central de VANDOMA N.600 do CONCELHO DE PAREDES.Em plena estrada nacional 15 e apenas 17. KM do PORTO, é uma vergonha os maus cheiros por falta dos SANEAMENTOS.(NAÕ EXISTE SANEAMENTO). JÁ LUTO Á DEZ ANOS CONTRA ESTE PROBLEMA..

    ATENCIOSAMENTE MANUEL MOREIRA….

  28. 32.Maria de Jesus Ladeira- Janeiro 19,2009

    Sou Maria de Jesus Ladeira, vejo diariamente o vosso programa e venho a felicita-los. Não tenho o dom da palavra falada, mas escrevo muito e tenho um blogue a que poderão aceder “MARIA QUE PENSA EXISTE” se o que escrevo lhes pode ser útil, façam o favor de o utilizar. sempre ao vosso dispôr
    Maria de Jesus

  29. Cara Clarisse,

    O facto de os seus e-mails serem devolvidos terá, certamente, a ver com o peso dos ficheiros.

    Sugiro que os grave num CD ou DVD e envie para o Apartado 663, 2791-901 Carnaxide.

    Cumprimentos

  30. Estou a escrever para o vosso programa porque me deparo actualmente com uma situação no minimo revoltante.

    No passado mês de Novembro increvi-me no programa e-escolas, escolhi o computador ASUS disponível apenas na rede TMN, uma rede da qual tinha anteriormente algumas queixas.

    Após terminar a inscrição fui informado de que receberia o meu computador no prazo de quatro semanas. Sendo que o meu pedido foi efectuado dia 26 de Novembro e PROCESSADO dia 27. essas quatro semenas estenderam-se até ao dia 11 de janeiro, dia em que recebi o meu portátil.

    No segundo dia em que acedi à internet a TMN enviou-me uma mensagem na qual dizia:

    ”Para manter o seu cartao activo adira a um tarifario banda larga pelo 800961010. Tem 30 dias apos 1a utilizacao para aderir ou o cartao ficara desactivo. Ate ja
    Data: 13/01/2009 07:59:57”

    Eu contactei o número indicado e fui informado de que esse não era o número que eu deva ter contactado, mas sim o 961000030.

    Nessa chamada, uma chamada para um serviço pela qual tive que pagar, fui informado de que no prazo de 12 HORAS o meu pedido seria processado e que estaria, segundo as palavras do ”técnico” que me atendeu, ”a navegar na internet sem interrupções e com uma velocidade superior”.

    A verdade é que eu esperei desde o dia 13 até ao dia 16 para que o pedido que seria processado em 12 horas fosse processado. Mas a verdade é que não foi e eu vi-me obrigado a contactar a TMN. Tentei tomar conhecimento do problema pelo 1696, o número de atendimento da TMN, mas indicaram-me que teria de ligar para o 12030.

    Foi isso que fiz e mais uma vez paguei pelo uso de um serviço que, supostamente, deveria ser gratuito.

    Nessa chamado, o técnico da TMN que me atendeu disse que devia ter ocorrido algum problema mas que iria reforçar o pedido de ALTERAÇÃO de tarifário e que o problema estaria resolvido no prazo de 2 dias. Isto na sexta-feira, dia 16 de Janeiro.

    A verdade é que durante o fim-de-semana inteiro a alteração não se procedeu.

    Dia 21 de Janeiro, quarta-feira, recebi uma nova mensagem, a qual dizia:

    ”Para manter o seu cartao activo adira a um tarifario banda larga pelo 12030. Tem 30 dias apos 1a utilizacao para aderir ou o cartao ficara desactivo. Ate ja
    Data: 20/01/2009 08:06:39”

    Contactei novamente o numero 12030, no qual a pessoa que me atendeu me disse que segundo à alteração de tarifário, não era uma verdadeira alteração de tarifário, mas sim uma ”operação” que me permitiria receber a factura pelo correio. Disse-me também, quando eu referi as duas mensagens idênticas, que não eram mais do que ”publicidade” da TMN, publicidade essa que me fez perder dinheiro desnecessariamente.

    Garantui-me também que a velocidade da internet não será modificada e que o meu pedido seria efectuado nas próximas 24 horas.

    Mas tendo em conta que isto foi dito por um técnico (penso eu) de uma operadora que tem dificuldades em cumprir prazos e na qual uns técnicos contradizem aquilo que os outros dizem, eu duvido muito que desta vez a TMN tenha a capacidade de cumprir o prao estipulado por eles próprios.

    Muito obrigado pela atenção:

    Luis Ismael, Mirandela

  31. Olá estou a escrever para o vosso programa porque tenho uma situação que se está a tornar incomoda, revoltante, e pelo menos queria torná-la púbbica. Construi moradia com todos os projectos e requisitos conforme as leis em vigor e um investimento de uma vida e agora estão a construir uma etar a cerca de oitenta metros da minha moradia quando as leis em vigor exigem um minimo de cem metros já reclamei perante a camâra municipal de celorico da beira,as águas do zêzere e côa, não obetendo qualquer tipo de esclarecimentos o que é revoltante.

  32. Olá mais uma vez estou a escrever para o vosso programa pela situação já referida ontem e facultando a minha morada e telefones que por lapso ontem não enviei. MORADA : SITÍO DOS SARRADOS – 6360 – 180 VALE DE AZARES (CELORICO DA BEIRA).TEL/ FAX / 271 713 158 / 968197529

  33. no dia 23-01-2009 houve uma tempestade muito forte, na qual fez com que caisse um pinheiro de toneladas em cima de uma casa.
    na vila de fontelo de S.Domingos, na casa encontravam-se dois idosos e uma criança de 10 anos, felizmente eles sairam bem, mas a casa esta toda destruida, tudo isto porque a junta de freguesia de fontelo nunca quis cortar o pinheiro, na qual tinham feito o pedido.
    foi uma noite de sofrimento para toda a familia.

  34. escrevo para o vosso programa na esperança de que possam ajudar a resolver uma situação caricata mas que faz sofrer várias dezenas de alunos . Passo a explicar: a escola EBI- Arnoso Santa Maria , em Vila Nova de Famalicão, foi construída com a melhor das intensões, mas por pessoas que provavelmente não sabiam o que estavam a projectar. Trata- se de uma construção recente de aspecto agradavél, mas… não oferece condições para os alunos nas horas de saída das aulas: os alunos ficam ao portão da escola á chuva á espera dos autocarros que demoram a chegar. Se abrem os guarachuvas, molham-se uns aos outros, se os fecham, apanham a chuva pela cabeça abaixo.A zona abrigada existente fica longe do portão e os alunos não visualizam os autocarros que partem sem verificar se estão todos a bordo. Ou seja , quem quer vir de autocarro tem de esperar á chuva Sexta feira foi outro dia em que as crianças chegaram a casa completamente molhados.
    Os pais já solicitaram a construção de um alpendre que protegeria as crianças, e inclusive até o Sr Presidente da Câmara se comprometeu em construír o mesmo. O incrivél é que nada foi feito porque , segundo consta as entidades superiores recusam a referida construção porque estragaria a estética da escola.. O seja mais importante do que o bem estar das crianças e a sua saúde é a estética de uma escola comum, modelo caixote feita em série por esse Portugal fora.
    O mesmo problema deve existir noutras escolas. Se fosse possivel chamar a atenção para este facto e perguntar a essas mentes brilhantes da DREN, do Ministério da Educação o que é mais importante talvez alguem repensasse o assunto
    obrigado pela atenção dispensada.

  35. escrevo para o vosso programa nas esperança de que possam ajudar a resolver um problema que afecta a vida de várias dezenas de alunos .Passo a explicar: A Escola EBI Arnoso Santa Maria, Vila nova de famalicão, foi construída com boa intensão mas por pessoas que provavelmente não sabiam o que estavam a fazer. Esta escola , á semelhança de muitas outras no nosso país, é uma construção moderna , em pavilhões, agradavél. O problema é que os alunos têm de ficar aos portões , dentro da escola , á espera dos autocarros que muitas vezes demoram a chegar. Ficam á chuva, pois se abrem os guadachuvas molham os colegas para além de se aleijarem , se os não abrem , apanham a chuvas pela cabeça abaixo. O mesmo acontece com o sol. A zona coberta da escola fica longe do portão e os alunos não consegem visualizar os autocarros que arrancam sem conferir se estão todos a bordo. Assim se querem virem de autocarros , os alunos têm de ficar á chuva.
    Os pais já fizeram várias tentativas para que fosse construído um coberto á entrada da escola e depararam-se com o habitual jogo do empura. O próprio Presidente da Câmara já se comprometeu em mandar construir o referido coberto, mas tudo fica em águas de bacalhau porque as autoridades responsaveis (DREN, Ministério da Educação…) não deixam construir porque vai esragar a estética da escola. È incrivel mas mais importante do que o bem estar das crianças e a sua saúde é não estragar a estética de uma escola modelo caixote, feita em série como muitas por esse pais fora. Gostaria que nos ajudassem a chamar a atenção de quem de direito para o absurdo desta situação, pois talvez assim algum iluminado repensasse a situação.
    Agradecida pela atenção

  36. Presiso de ajuda,não de dinheiro,mas sim de outro tipo de ajuda que todos nos dias nós humanos nos estamos a deparar e que ninguém consegue parar para pensar….acontece que por falta de coerência das ditas “tecnicas de segurança social”,acabei por ficar sem 2 filhos,que para vergonha do sistema da sociedade actual o que acontece e nos aconteceu quando pedimos alguma ajuda à segurança social a melhor forma que nos ajudaram foi retirar as crianças…pois é verdade,tinha-me esquecido nas instituições eles estão a ganhar apoios de todos os lados….Para piorar a situaçao,foi o facto de ter uma menina no passado mês de Novembro,a gravides correu bem ,preparei tudo para a chegada da bébé e, quando nasceu recebi uma visita dentro do hospital Alto Minho das técnicas de segurança social de Caminha…assim para falar com elas deixei a bébé no berçario do hospital e quando voltei já la nao estava mina filha tinham levado a bébe para uma famíla de acolhimento em Ponte de Lima…Não me conformo com a actitude desumana e fria como me roubaram a bébé,sim,roubo é o sentimento que sinto como Mãe e sem entender qual o motivo, porque nem as tecnicas me explicam porque tb nao sabem:são normas internas….Nao se admite alguém que me explique!Agora a minha semana ´´´´é passada em viagens para Ponte de Lima onde se encontra a Bébé ,para vila nova de cerveira, e para Vila praia de Âncora onde se encontra a minha filha mais velha!Alguém suporta financeiramente tal situação?Ah pois para nao falar que as custas de tribunal e a advogada são do nosso bolso!Se não temos condições para cuidar dos filhos temos que ter para andar nesta fantochada!

  37. Sou o Presidente de uma Associação Cultural ” Memória de Povos” que representa a maioria da população desta terra, freguesia de S. Vicente do Paul, concelho de Santarém.
    Esta associação pretende desenvolver com toda a população um projecto para a escola primária local e desactivada com carácter cultural.social e recreativo.
    Para o efeito, reunimos com o Presidente da Junta de Freguesia e com o vereador Ricardo Gonçalves (PSD)há cerca de ano e meio foi-nos prometido o espaço. Entretanto notámos que qualquer dos indivíduos passaram a evitar-nos.
    O nosso espanto foi enorme ao sabermos que em sessão de Câmara de 19/Jan/2009 a escola foi atribuida ao grupo motard Bispos do Asfalto; um grupo particular, elitista e que não representa de forma alguma a população, refira-se que apenas 4 ou 5 elementos são desta terra mas têm dezenas de associados.Assim, o povo foi duplamente penalizado, pois não lhe foi dada a escola com a qual mantém laços afectivos e, é castigado com a presença de dezenas de motas e motoqueiros desrespeitadores das mais elementares regras de convivência social.
    Nesta conformidade, solicito, em nome de uma população que vê o único edifício público entregue a um grupo mal visto na terra, a sua intervenção junto desta Câmara de Santarém para que este edifício seja entregue ao povo desta terra, para que possa continuar a ter um fim social e esteja ao serviço daqueles para que foi criado_ o serviço da população. Por favor é Urgente
    Telm:969022442 José Manuel Ventura da Silva

  38. Na Rua Pedro Nunes, frente ao nº 20 onde moro na Torre da Marinha, no Seixal, existe um terreno baldio onde alguém deixou há 10 anos uma grua de contrução civil, com um balde pendurado.
    Já foi comunicado à Câmara do Seixal, assim como à protecção civil, que veio tirar umas fotografias há dois anos, mas a grua ficou à espera de cair e se não provocar mortos ou outros prejuízos será um milagre, já que há sempre pessoas a passar no local, bem como parques de estacionamento em zonas limítrofes.
    Já agora se puderem vejam o nojo em que está a rua com as obras cuja utilidade se desconhece senão a de gastar dinheiro inutilmente, já estavamos mal de estacionamento e vamos vicar bem pior.

  39. Joaquim Santos Marinho – Rua da Estação,240 Barroselas 5/2/09

    Enoja-me ter que vir aqui falar disto mas em tempo de altas tecnologias e da propaganda do nosso primeiro sobre o SIMPLEX não deixa de ser vergonhoso que esteja desde o dia 19 de Dezembro sem telefone sendo que não se trata de uma simples casa particular mas de uma Pastelaria Pão Quente de muito movimento que passou a quadra de Natal e até hoje sem o telefone que está inserido em toda a publicidade desta empresa inclusive sacos e embalagens, empresa esta que tem todas as suas contas em dia incluindo Finanças e Segurança Social.Sou hoje uma bola de pig pong entre a PT e a TMN que até á data nada resolveram. ENOJA OU NÃO?

  40. venho por este meio expor o seguinte:
    Não sei se é do vosso conhecimento, provavelmente não, no Passado dia 5 de abril foi aprovado e publicado em Diario da Républica a Portaria nº. 143/2009 de 5 de Fevereiro, portaria esta que Define os condicionalismos específicos ao exercício da pesca lúdica no Parque Natural do Sudoeste Alentejano e Costa Vicentina (PNSACV) que entrou em vigor hoje dia 6 de Fevereiro de 2009.

    http://dre.pt/pdf1sdip/2009/02/02500/0083100834.pdf

    http://dre.pt/pdf1sdip/2009/02/02500/0083400839.pdf

    Esta Portaria chocou e indignou a extensa comunidade de pescadores desportivos ” Os chamados pescadores ludicos” por estes senhores Ministros.
    Tudo bem que se perserve, nós somos de acordo com isso e respeitamos mais do que ninguem o Ambiente, pois somos nós que sempre cá vivemos, e por tradição como é conhecido, estas populações do Litoral Alentejano e Costa Vicentina têm as suas raizes ligadas ao Mar. Agora outra coisa é virem agora com estas imposições que não sei até que ponto não são anti constiticionais táis como a do Artigo nº. 4º. nº1 que passo a citar ” A pesca Ludica no PNSACV só é permitida nos seguintes periodos: a) de quintas feiras a domingos e feriados; b) entre o nascer e o pôr do sol; e muitos outros artigos em que estamos em desacordo tendo muitos deles gralhas e omissões, mas o qué isto senhores, isto é tirar a liberdade e condicionar uma actividade de lazer.
    Não venham falar em preservação das especies, pois nós pescadores desportivos deveremos representar 1 ou 2 % das capturas.

    Nós por cá no PNSACV agradecemos que se pornuciem sobre este assunto.

    Obrigado

  41. Nós gostavamos de saber o porquê de a antiga casa dos “pobres” , actual lar de S. Jorge que antigamente servia refeições frescas diariamente agora ao fim de semana não há mesmo , pagando os residentes uma caução elevada e ainda pagando mensalmente parte da sua reforma para o referido lar Nós os parocianos da referida freguesia , Selho S.Jorge, gostavamos de ser esclareçidos do que se passa para os idosos não terem direito a referida refeição?
    Ou sera que não há trabalhadores disponivéis na freguesia ?
    Agradeçia-mos um esclarecimento públíco , pois os ídosos mereçem ser tratados com todo o respeito e carinho pois é uma vergonha uma casa que dava de comer aos pobres agora mesmo com as referidas reformas não terem direito a refeição fresca ao fim de semana .
    E volto a sublinhar , sera que não há ninguem que cozinhe ao fim-de-semana para os ídosos?
    Ou a direcção do lar tem outra ideia quanto aos ídosos?

  42. Na estrada de Benfica no sentido de Sul para Norte quem sai do Centro Comercial Fonte Nova a seguir a Caixa Geral Depósitos nos primeiros Sumafros existe um buracão há mais de três meses, não sei qual o motivo que ainda niguém reclamou principalmente a Carris que passa la a toda a hora do dia e noite. Quando está a chover, os carros e autocarros têm que parar para poder passar muito devagarinho e forma-se um transito infernal. Se ainda niguém reclamou! Será porque está tão próximo do sinal. Se já foi arranjado peço desculpa pelo incomodo.
    Já agora aqui vai mais um pedido ao Sr. Presidente da Junta de Freguesia de Benfica não será altura de por um tapete novo, ou a Junta também está em crise.

  43. >>>>>Exmos Senhores:Resolvi escrever para o vosso programa, porque me
    >>>>>encontro numa dsituação muito difícil e acredito que se divulgarem o
    >>>>>meo problema, este possa ser resolvido . Eu João Manuel de Almeida
    >>>>>Fernandes, sou deficiente visual, ( Cego total ) e habito com os meus
    >>>>>Pais, ambos quase com 80 anos e com uma filha, estudante universitária,
    >>>>>na Rua Particular Nº3-1ºDtº, à Rua Frei Manuel do Cenáculo, 1170-290
    >>>>>Lisboa.
    > Gostaria de dar conhecimento da minha situação com a Companhia de Seguros
    > Sagres. Houve um incêndio ocorrido no passado dia 10 de Setembro de 2008,
    > que teve origem numa oficina de pneus ao lado do meu prédio que destruiu
    > parcialmente a minha casa, e por eu não ter seguro de recheio exigi à
    > companhia de Seguros Sagres que me indemnizasse por esta ser a Seguradora da
    > oficina de pneus, que foi onde começou o incêndio , facto que ficou provado.
    > venho expor o seguinte:
    > Entre a parte mais afectada da casa encontra-se o quarto da minha filha,que
    > perdeu todos os seus haveres : toda a sua roupa, mobiliário, objectos de
    > uso pessoal, computador, Livros de estudo, etc…
    > Como não tenho possibilidades ecnómicas que me permitissem repôr o
    > indispinsável, tive que recorrer a familiares que me emprestaram o dinheiro
    > necessário, que naturalmente tenho que devolver. Só o poderei fazer quando a
    > Companhia de Seguros Sagres me indeminizar. A dita Companhia de Seguros
    > diz-me que estão a analisar o relatório do perito, o que passados 5 mêses
    > ainda se mantêm, embora já tenha feito duas exposições à Companhia de
    > Seguros sem obter qualquer resposta. Neste momento, e desde o incêndio,
    > estou a residir na Mouraria, num apartamento emprestado, sem grandes
    > condições de habilitabilidade. Devido ao meu problema de visão, é
    > extremamente penoso fazer o trajecto de casa até à estação do metro, pois os
    > passeios são estreitos e deparo-me com diversos obstáculos, sendo os mais
    > frequentes sacos cheios de lixo. Devido ao meu trabalho, nunca consigo
    > chegar a casa antes de anoitecer o que já se revelou perigoso, pois duas
    > vezes que me ofereceram ajuda foi para me roubarem.
    >
    >>>Recorro aos senhores, pois não tenho meios para contratar nenhum advogado que me ajude a resolver o meu problema.
    > Antecipadamente grato pela vossa compreensão apresento os meus melhores
    >>>> cumprimentos.
    > João Fernandes
    >
    > P.S. o meu telefone é 962522487
    >

  44. ola..conceiçao lino.venho por este meio falar da segurança social.sou uma pessoa com 53 anos nao trabalho pois nao ha tambem derivado a idade.tenho duas filhas so uma esta comigo.pedi na segurança social uma ajuda na qual fui bem sucedida.acontece que pus os papeis a 2 de outubro 08 e so em dezembro recebi um vale de 272eur.como nao recebi o outubro e novembro contactei com eles ao qual me disseram que o valeja tinha saido mas nao foi pago.mandaram me aos correios com numero do vale o montante e a data.fui aos correios pedir uma segunda via do vale.ate agora nada recebi.o mes de janeiro como tambem nao veio contactei com eles ao qual me disseram que estavam a ver o meu prosesso.ainda temos o de fevereiro que tambem nao recebi.quando comuniquei com a segurança sosial mais uma vez me disseram que estavam a ver o meu processo.conclusao tenho rendas atrasadas e estou passando mal.a minha filha com 18 anos teve que sair da escola para trabalhar para pudermos sobreviver. AJUDE ME

  45. olá… eu tenho uma cadela chama-se killa de raça pitbull com 2 anos…eu tinha à minha cadela no canil de loulé a protecção civil e um responsavel do canil estiveram na minha casa para eu assinar um papel para que a cadela ficasse com eles e eu não aceitei…passado uns dias telefonaram-me a dizer que o canil foi assaltado e levaram a minha cadela…e eu pergunto isto no minimo é estranho não?

  46. Dr.ª Conceição Lino

    Eu, Maria Gisela de Campos Martins, sou professora do ensino secundário, pintora e escultora.

    Tenho acompanhado sempre os seus programas, sei que muitos dos problemas são denunciados e alguns resolvidos.
    O que pretendo é denunciar o serviço MEO, sei que não sou a única, há muita gente, com o mesmo problema. na empresa (PT).
    Há uma dificuldade enorme em contactar com a empresa, alem de estar em espera entre 40 a 50 minutos, minguem atende o telefone e quando atendem ou o sistema está em baixo ou as repostas são evasivas.

    Tenho sido muito prejudicada com a atitude desta empresa, alem de não responderem às minhas reclamações por escrito e ao Balcão, estas são muitas, levaram o processo a tribunal, sem responderem a todas as minhas reclamações.

    Fiz um contrato com a “Meo” pelo valor de 50€ mês, sendo o1º mês grátis e a sua instalação grátis, alias o anúncio deles na televisão era 49,90€, actualmente já baixaram.
    No acto do contrato, foi garantindo que a instalação seria no prazo entre 8 a 15 dias o que não veio a acontecer, estive sem internet 2 meses. E foi muito complicado inclusive a instalação.
    Depois surgiu o pagamento logo após 8 dias de instalação do sistema Meo, no valor de 320€.

    Fiz reclamação e nem obtive um resposta…em Julho cortaram o acesso ao telefone, só fiquei a receber chamadas, e em finais de Julho / Agosto deixei de receber chamadas, o que me prejudicou imenso, tinha uma operação marcada para finais de Agosto, e sem que me apercebesse que estava sem telefone, Sou doente oncológica e com muitos problemas de saúde, transtornou-me imenso o corte de telefone. Sem pré-aviso, uma vez que fiz tanta reclamação, para o acerto das contas em divida, eu sempre quis pagar, mas o que é justo e pelo contrato que fiz.

    Gostava que consultasse os documentos, para estar a par do que se passa. Poderia envia-lo pelo correio, caso esteja interessada neste caso

    No meio desta situação sem resolução do problema, e assim que o processo entra em tribunal e faço o pagamento de custas, a “ MEO-PT” resolve enviar-me a rectificação da factura, esta já foi paga e vai em aproximadamente 15 dias e continuo com sem telefone, alias o sistema não foi ligado.
    Passado este tempo, e aquando me desloquei ao balcão da PT Algés, disseram que não devia nada que estava tudo pago, qual o meu espanto aparece nova factura no valor de 234€, fiz nova reclamação.
    E o espanto ainda foi maior quando me desloquei à PT para reclamar não me informaram o que se passava, o ridículo foi que esta factura é pela rescisão do contrato… que trapalhada eu fiz o pagamento e agora vem com a rescisão sem eu a ter solicitado.
    Caso esteja interessada neste caso enviarei todo o processo pelo correio e sendo assim agradecia me enviassem o contacto, morada

    Tenho 61 anos, foi preciso fazer um contrato com a MEO, para ir a tribunal, sou uma pessoa com muitos problemas de saúde, Cancro da mama fui operada à 2 anos e estou novamente com valores elevados, tendo ido ao IPO fazer nova cintigrafia óssea, tive um enfarte, uma paragem cardíaca e problemas ósseos, artrite reumatóide, artroses, enfim nem vale a pena mencionar mais, sei que a minha doença já chega o suficiente
    Gostaria muito que me ajudasse a compreender tamanha burla e minimamente estranha
    Espero que este caso mereça a sua atenção.
    Estou ao dispor

    Antecipadamente grato pela vossa compreensão apresento os meus melhores
    >>>> cumprimentos.

    Telemóvel 913831340 ou 96 3745019
    e-mail, gisela_cm@hotmail.com
    morada : Av Tomas ribeiro-43-5º F Linda –a – velha 2795-222

  47. Cara Maria Gisela Martins, o seu caso é igual ao meu, que estou com
    problema, igual, com valores pequenos mas precisamente igual ou pior,fiz contrato com a MEO, e no que respeita ao USERNAME, pago com pontualidade a factura PT,MEO /TV.Cabo-Internet. e telefone fixo, visto que quando assinei o contrato, lá está assinalado esta situação, mas, aparece outro débito agora em factura original da TELEPAC, a debitar factura do mesmo USERNAME, o que equivale, receber no mesmo mês,duas vezes a,
    taxa do USERNAME, com o mesmo numero do USERNAME, e esta hen?????
    Acontece que contactada a TELEPAC esta insiste que devo enviar uma carta
    a pedir a anulação do USERNAME, e eu insisto pedindo a fotocópia do documento que deu origem ao débito, e nada nem respondem.
    É evidente que no meio disto tudo está a PT, um dos tubarões que em Portugal mais saca, sem que até o próprio Governo consiga frear a ganan
    cia da PT.
    Eu espero não ter de chegar a ir a Tribunal, aí terão de provar e apresentar devidamente assinado os dois contratos, um tenho cópia com a indicação de,LINHA DIRECTA DE REDE,MEO, E TELEFONE FIXO PT., o outro para mim não existe.

  48. EM AGOSTO DE 2005 TIVE UM ACIDENTE DE VIAÇÃO, AO QUAL A MEU AUTOMOVEL FICOU TODO DANIFICADO NÃO TINHA CONSERTO.
    ENTÃO RESOLVI DA-LO A UM SUCATEIRO PARA O ABATER.
    HOJE, DIA 18-02-2009, VENHO DO ESTRANGEIRO, SUIÇA, PARA PORTUGAL E DEPARAMO-ME COM UMA SITUAÇÃO:
    TINHA QUE DAR BAIXADA DA MATRICULA DO AUTOMOVEL QUE EM 2005 TIVE O ACIDENTE , A POLICIA FICOU-ME COM OS DOCUMENTOS DO AUTOMOVEL.
    PARA RESOLVER ESTE PROBLEMA, DIRIGI-ME, ÀS 14:00h ÀS FINANÇAS DE BRAGA (CIDADE ONDE VIVO) ONDE ME FOI DITO QUE TINHA DE IR À “DJV” (DIRECÇÃO GERAL DE VIAÇÃO), ONDE ME DIRIJI RAPIDAMENTE, NESTE PRECISO MOMENTO ERAM 14:15H. QUANDO FUI CHAMADO A FUNCIÓNÁRIA QUE ME ATENDEU SÓ DISSE:
    -ÁI NÃO POSSO FAZER NADA, NÃO TEM O AUTOMOVEL EM SEU PODER, AGORA NÃO HÁ OUTRA SOLUÇÃO SE NÃO PAGAR O SELO TODA A VIDA!
    EU RESPONDI:
    -ENTÃO O QUE FAZER!
    -OLHE, VÁ TER COM O PRIMEIRO MINISTRO!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!-respondeu ela

  49. Eu penso, Caro João Paulo, da Suissa, que o Sr.Primeiro Ministro deveria saber da resposta que lhe deram na DGV, hoje já não se chama assim, e´ITT, pois há funcionários que pensam que têm o Rei na barriga, só que quando algum dos contribuintes que lhes paga, insiste e pede o livro de reclamações, para lá indicar tudo mesmo a resposta que lhe deram, acobardam-se e até rastejam se for preciso.
    Eu no seu caso repetia a visita e pedia o LR, e vai ver
    como terá as informações devidas, que até nem são dificeis de resolver e como a atitude de atendimento é outra,
    Meu caro, quer um conselho, naturaliza-se SUISSO, pois nesta colónia da União Europeia, os governantes são como os cordeiros, obedecem ao rebanho e o rebanho neste caso, é a UE.Cumprimentos e continue por ai,
    porque em Portugal, não se safa.

  50. Exmos.Senhores,
    do «nós por cá»,

    Venho deste modo tentar expôr o problema por que passa, há 20 anos, um jardim de infância localizado em Leça da Palmeira, Concelho de Matosinhos.
    Sou Encarregada de Educação de um dos alunos do jardim de infância nº2 (Junta) de Leça da Palmeira e pretendo dar a conhecer a quem tem o dever de saber das condições em que as nossas crianças brincam na hora do recreio.
    Este jardim foi aberto em 1988 nas instalações da Junta de Freguesia e foi decidido que era provisório. Sendo certo que aínda existe e irá manter-se por mais 2 anos, de acordo com o Sr. Vereador da Educação da Câmara de Matosinhos, ou até estarem prontas as novas instalações da escola E,B 2.3 de Leça da Palmeira.
    O local onde essas crianças brincam está desde sempre nas piores condições: o pavimento é em cimento com alguns buracos, existindo um desnível acentuado que serve de passagem para as salas de aula e onde as crianças passam algum tempo aos trambolhões. Tem um mini coberto e o único sítio onde tem alguma protecção(já no pior estado) é na zona onde tem um escorrega; além de não ter acesso directo à sala de refeições que é disponibilizada pelo ATI e que se localiza fora do Jardim.
    O meu educando frequenta este Jardim desde 2006 e nós, pais, tentamos desde então que a câmara (uma vez que é ela que tem o poder) resolvesse a questão.
    Segundo a associação de pais, a câmara não estava interessada em o fazer, pois era gastar dinheiro em algo que era provisório. Entretanto, em meados de Outubro de 2008 o Sr. Vereador quis falar com os encarregados de educação nas instalações da Junta de Freguesia para propôr uma solução, que seria: -colocar protecção no pavimento todo, -aumentar o coberto, – nívelar todo o piso, – fazer um acesso mais rápido à sala de refeições.
    Foi uma promessa feita aos pais, agrupamento e associação de que essas obras de conservação se iniciariam nas férias do Natal se o tempo o permitisse. Como todos sabemos não choveu o tempo todo e já estamos há 2 semanas com bom tempo. Até hoje nada foi feito ou dito por parte do Vereador sendo uma falta de respeito não ter dado qualquer satisfação.
    Nessa reunião também foi pedido pelos pais que se disponibilizasse uma sala, que está a ser utilizada por pessoas alheias ao Jardim para trabalhos de pintura, para que as crianças pudessem almoçar sem ter de se deslocarem ao frio e à chuva para um local onde não são bem vindos (Lar da terceira idade). Essa seria uma sala polivalente uma vez que as salas de aula têm pouco espaço ; também lamentámos o facto de, a toda a hora, entrarem pessoas nas instalações para se dirigirem ao escritório de contabilidade que lá se encontra. Para nosso espanto, o pedido da cedência da sala de pintura foi negado pelo Vereador, pois considera não haver mal nenhum as crianças deslocarem-se para um outro local no período de almoço.
    Apesar disso deu a palavra que as obras seriam feitas. Ora, metade dos alunos vão embora no final do ano lectivo e certamente que não vão beneficiar das benditas obras.
    Por favor ajudem-nos a encontrar uma solução, pois segundo a DREN é a câmara que tem competência não havendo ninguém a quem se possa recorrer.
    Não deixem que o Sr. Vereador goze com os nossos filhos e façam saber desta situação junto do público. É pena um Jardim que prima pela óptima localização geográfica e por ter excelentes profissionais não ser respeitado por alguém que até já foi professor.
    Espero que me contactem.

    Grata pela atenção dispensada,

    Uma Encarregada de Educação

  51. Senhor Antonio Carvalho muito obrigada pela atenção.Irei fazer precisamente o que me recomendou.

  52. Dr.ª Conceição Lino.

    Eu,Fátima almeida estou a escrever para o vosso programa pelo seguinte:
    O meu marido em 2007 aderiu a um cartão do citibank, que nunca utilizamos nem temos codico do mesmo. Há uns meses atraz ligaram para o meu marido para saber se estaria entereçado em aderir a um seguro de saude para toda a familia, ele disse que sim para lhe enviar toda a decomentação para a poder ler.
    Decomentação que nunca chegou, e nós esquecemos o assunto do seguro.
    No passado mês de Dezembro tentamos fazer um credito que nos foi negado, por contar o nome do meu marido no banco de Portugal com uma divida de 80euros. Não sabendo que se tratava quizemos esclarecer, nos dias seguintes recebemos um telefonema do citibank a imformar que tinhamos uma divida com eles, de um seguro de saude.
    Não sabendo nada sobre o seguro recozamos o pagamento, não tinhamos conhecimento de apólice, cartao de saude nem valor mensal a pagar, era de todo desconhecido para nós.
    O meu marido tem feito varios telefonemas para resolver esta situação, ligando para o citibank e a seguradora ACE, sem obtermos resultado de ambos os lados. Na passada segunda feira dia 23, ligaram do departamento contensioso (cobramças) a informar que a divida já ultrapassa os 105euros. Eu perguntei a apólice do seguro, a respodta foi que não sabiam, recozamos novamente a pagar, a senhora do departamento contencioso disse que tinha havido um lapso mas que o seu trabalho é cobrar a divida.
    Não sabemos como resolver esta situação, não temos dinheiro para pagar, nem é justo estar a pagar o que desconhecemos, todos os dias aumenta a divida.
    Hoje em quanto escrevo este email voltamos a receber um telefonema do departamento alto risco do citibank, a informar que havia um seguro em divida á4 meses quizemos esclarecimentos, eu falei com um senhor tentei compreender esta divida a chamada foi transferida e quando falei simplesmente desligaram a chamada.
    Não sabemos o que fazer, gostavamos que nos podessem ajudar.

  53. estou a escrever pelo motivo que estive no dia 21 de Fevereiro no cemiterio do Almargem do Bispo para colocar flores no tumulo do meu sogro e pelo meu espanto quando estava a colocar as flores avistei um pouco longe ossos humano e tinha até um cranio, fiquei horrorizada nunca ouvi falar que quando levantão os ossos colocam de traz de uma casa no meio do cemiterio, a casa tem na frente escrito escritorio, fiquei assustada até tirei umas fotos com meu telemovel é por esse motivo que escrevo pois acho que isso não é normal alguem tem que fazer algo porque tem que ter respeito pelas passoas que já se foram. obrigado.

  54. sou morador no bairro zambujal em alfraguide conselho de Amadora e foi nos cortada a luz hoje pelas dez e trinta minutos .
    passadas 2 horas conctatamos a edp para saber o motivo a qual nao tinha sido reposta ainda a luz nos indicaram que por volta das 12.30 seria reposta , ao qual nao se confirmou ligamos outra vez por volta das 13.30 e nos disseram que iria repor a luz as 14.30 , o qual tambem nao se confirmou , com isto voltamos a ligar e foi dada a indicaçao que seria reposta as 16 . 45 o ja passa neste momento e continuamos sem luz , o que se entende que tudo isto nao passa de uma falta de respeito para com os consumidores a qual eles deveriam nos ter informado do que iria soceder a pessoas que tem as casas abertas e nao podem trabalhar o que e um prejuizo para os tempos que correm .
    Eu gostaria de saber em que pais estamos pois as pessoas sao enganadas a toda a hora , afinal nos pagamos os nossos impostos para que , ninguem se mexe neste pais e uma pouca vergonha .

  55. Boa noite. Chamo-me Jorge e estou a escrever-vos porque vi estes dias uma noticia que os senhores fizeram sobre uma estudante que estuda em Portugal e que tambem quer pertencer á nossa seleção de dança ritmica mas que não conseguia a nacionalização Portuguesa. Mas eu tenho um caso bem pior e que não existe explicação. Estou a viver com a minha atual companheira á quatro anos,sou divorciádo assim como ela e ela tem um filho do seu ex casamento e temos uma menina da nossa união. A minha esposa está cá desde os dois anos de idade e tem toda a escola obrigatória feita cá enclusive tem um curso de estilismo na escola Orélio de Sousa,tem carta de condução,tem numero de contribuinte,tem segurança social tudo aqui em portugal, já foi casada com um português durante dez anos ,divorciou-se, já teve um empréstimo bancário para habitação. Teve a infelicidade de ter que se divórciar e ficou impossibilitáda de poder renovar a sua autorização por falta de condições financeiras,agora não lhe renovam o documento nem lhe dão a nacionalidade enquanto não pagar as multas que lá tem de mil euros. É incrivel porque só o ela ter cido casada com um português já lhe dáva o direito da nacionalização, quando ela se deslocou ao sefe mal casou e apenas lhe renovaram o visto quando ela queria era a nacionalidade.

  56. No Monte-Zêbro…Torres (Trancoso) uma residente foi ao Centro de Saúde e o táxis não a pode trazer a casa( impedida de ir para casa durante 6 dias). Porque o caminho/estrada estava intransitável devido à lama….Apesar das várias petições (durante vários anos) à Autarquia nem se digna responder… entretanto, tratoures, carro de bombeiros(no ultimo incêndio) viram-se, veículos não circulam com segurança ou apenas não circulam basta estar dias consecutivos a chover…
    Assim os Proprietários Agrícolas vêm impedidos produzir, porque a “era do carro de bois já passou” e os moradores ficam isolados a desertificação cresce quase a 100%…Apesar de haver verbas para alcatroamento de caminhos rurais (DRABI…). País que não que não produz alimentos/sobrevivência do seu povo vai morrendo….esta zona produziam-se camionetas de batatas, castanhas, nozes…
    Com os melhores cumprimentos
    Isabel Alexandre

  57. No Monte-Zêbro…Torres (Trancoso) uma residente foi ao Centro de Saúde e o táxis não a pode trazer a casa( impedida de ir para casa durante 6 dias). Porque o caminho/estrada estava intransitável devido à lama….Apesar das várias petições (durante vários anos) à Autarquia nem se digna responder… entretanto, tratoures, carro de bombeiros(no ultimo incêndio) viram-se, veículos não circulam com segurança ou apenas não circulam basta estar dias consecutivos a chover…
    Assim os Proprietários Agrícolas vêm-se impedidos de produzir, porque a “era do carro de bois já passou” e os moradores ficam isolados a desertificação cresce… quase a 100%…Apesar de haver verbas para alcatroamento de caminhos rurais (DRABI…). País que não produz alimentos/a sobrevivência do seu povo vai morrendo….nesta zona produziam-se camionetas de batatas, castanhas, nozes…
    Com os melhores cumprimentos
    Isabel Alexandre

  58. 70-
    ANDRÉ RENATO MIGUEIS SANTOS MARÇO 2, 2009

    Caros Amigos
    Moro no bairro da Portela de Sacavém Concelho de LOURES, e eu e muitos moradores do bairro optamos pelo serviço da ZON. Desde o início que passamos manhãs tardes , noites sem telefone. Os serviços a clientes da ZON não dão qualquer informação, como não tenho telefone não posso falr com eles, só atravéz de amigos ou familiares. Estivemos 4 dias ssem telefone, sem um pedido de desculpas , uma palavra.O serviçlo a CLIENTES desta firma é 0.
    Seria bom que O AQUI E AGORA dese uma olhada neste da forma como somos tratados.

  59. EXMOS SENHORES ha dias contactei com os senhores derivado a uma situação por causa dos subsidios escolares do distrito de leiria acontece que so hoje obti resposta por parte do agrupamento escolar e porque fui eu a ligar para obter resposta!!como sabia k teria direito pois fiz os calculos e saberia k teria direito ao subsidio e assim foi hoje deram a respostuma entrevista e pertenço ao escalao b sera k voces fizeram alguma entrevista!!e eles se decidiram???agradeço imenso e se quiserem alguma entrevista estarei ao vosso dispor bagradecxendo desde ja a vossa atençao

  60. OLA SOU MAE DE UM ALUNO QUE ESTUDA NA ESCOLA GALOPIN DE CARVALHO.ESTAMOS COM UM PROBLEMA TEM,3 ALUNOS LA QUE É UM VANDALO E TA A PREJUDICAR OS OUTROS ALUNOS E JA NAO SABEMOS MAIS OK FAZER.OS PROFESSORES NOS PAIS TAMOS SEM SABER OK FAZER PEDIMOS A SIC NOS POR CA PRA NOS AJUDAR A RESOLVER ISTO.QUE NOS NAO TAMOS CONSEGUINDO A RESOLVER.NOSSOS FILHOS NAO CONSEGUE ESTUDAR NAO VAO APRENDER NADA SE NAO TOMARMOS UMA ATITUDE.TEMOS UMA REUNIAO AMANHA AS 18H30 NA ESCOLA.MAS JA TIVEMOS UMA NA SEXTA PARA VER SE CONSEGUIMOS RESOLVER ISTO OBRIAGDO SE A SIC PODER NOS AJUDAR???

  61. Funçoes da PSP

    GARANTIR A SEGURANÇA INTERNA
    GARANTIR OS DIREITOS DO CIDADAO
    DEFENDER A LEGAIDADE DEMOCRÁTICA

    REGRAS DE OURO
    Cada vítima é um caso único
    A vítima merece simpatia e respeito
    A vítima não deve ser culpabilizada
    A vítima deve ser informada
    A vítima deve ser encaminhada.

    Apos saber tais regras e ser cidadao portugues…faço uma queixa contra o viatura 25-ax-a4 que me interceptou na rua jose estevão(lisboa) por volta das 6h17m do dia 13 d março, sexta-feira de 2009, que supostamente e pra seu bom grado nao a registou (mas tenho testemunhas oculares),apos erro meu que remediei {confirmado e pedido pelos agentes (e mais testemunhas)} me agrediram repetidamente sem motivo ao qual expeliceram…e apos chamar(ligar) ,mais que 10vezes pras urgencias (112 e 118)….e aparecerem os mesmos oficiais, da consequente viatura, me ofreceram porrada (o termo exacto),so por pensarem eu ser italiano…., quando pro espanto de suas exelencias…eu falava portugues….
    Pois apos ser espancado, sem poder responder pela minha hora, queixo-me contra a psp portuguesa, expecificamente a viatura 25-ax-a4 ,e seus ocupantes, por agressao e abuso da autoridade….chamada a xenofofia, penso ser crime ou acho dever ser, em portugal…ou seja, apos tal situaçao ainda se desculparam, por eu ser portugues….ou as coisas seriam diferentes….ou seja, apos me agrediram por razao nenhuma, ainda se desculparam por pensarem eu ser estrangeiro…. No minimo peço desculpas, uma demissao dos tais oficiais ou alguma explicaçao, ou projecto judicial contra agressao, sobre tais suspeitos…

    Os meus sinceros agradecimentos.

    Ass: Filipe Artur Ramos Carrêlo

    Claro que nao tem uma mail pra onde enviar ou sequer quem responder, pra proveito proprio….

  62. ja agora contacto, 913115584 ou 964656597….ja que a justiça legal nao é pelas proproas maos…e abusada por quem suposamente tem de dar o exemplo e acima de tudo prativa-la….deixo o meu testemunho…

  63. Olá sou amilcar trabalho na c.m.lisboa na equipa de apoio aos sem.abrigo! recebi várias queixas dos sem.-abrigo d praça do comérçio! dizem os mesmos que estão a passar fome,já que devido as obras, as carrinhas da comida tem dificuldade em passar, devido a barreira policial! é grave e inademissivel! levei o caso a m superior, k é a coordenadora da erasa Dra. Filomena Marques do DAS, tendo a mesma m informado que era por razões de segurança! Por favor? eu vou la 2 vezes por semana k a equipa e nada aconteçe d mal!Acho k é 1 cabala para os obrigar as sair de la pois incomodam a classe politica k la tem os ministérios,ms eles não são lixo! são pessoas com direitos constitucionais! gostava ke fizessem algo! Por motivos de segurança! já ke tenho familiares a trabalhar n DAS,e a repressao e perseguisão a quem é contestatário e de outro partido é 1 dura realidade, nao citassem meu nome,pois pessoalmemte não tenho medo, mas temo que sejam eles a pagar a vingança da actual gestão socialista! obrigado!

  64. Olá, eu moro na margem sul do tejo na cruz de pau e e queria dizer que existe 1 edifício aqui na minha zona na Praceta 25 de Abril que seria previsto sofrer umas obras mas pela qual não sei o que se tera passado ja la vao alguns anos em que foi montado varios andaimes na faixada frontal do edifício e que com o tempo os mesmo tem se vindo a ficar instaveis parte da estrotura teve prestes a cair as bases estão em muito mau estado e ninguem faz nada ou para acabar a obra ou então tirar de la os andaimes, pois todos os moradores e pessoas que necessitam se dirigir aquele edifício para poderem ir a uma agência da caixa geral de depocitos tem receio de que 1 dia aqueles andaimes possam vir a baijo e para alem de causar danos em todos os carros que se encontram naquela rua possa vir também a causar vitimas.
    por isso pensei em vos dizer isto para que viessem cá ver com os vossos proprios olhos a vergonha que em que estão aqueles andaimes que tem uma altura de mais de 10 andares. Obrigado.

  65. OLA BOM DIA
    E PARA VER SE CONSEGUEM DAR UMA SOLUÇÃO, A UMA ARVORE QUE FOI CORTADA PELOS BOMBEIROS EM VIRTUDE DA SUA ALTURA E SE ENCONTRAR SECA, E COMO ALGUNS GALHOS JÁ TINHAM CAÍDO EM CIMA DE UM CARRO AMACHOCANDO O CAPÔT DO MESMO OS BOMBEIROS RESOLVERAM CORTÁ-LA.
    O CERTO É QUE A ÁRVORE CORTADA CONTINUA NO CHÃO ATÉ QUANDO?
    O SEU ABATE FOI NO DIA 5 DESTE MÊS.
    AGRADEÇO A VOSSA COLABORAÇÃO.
    ISTO PASSA-SE NA RUA LATINO COELHO EM LISBOA MESMO EM FRENTE A UM HOTEL MUITO FREQUENTADO POR TURISTAS.
    HOTEL REAL PARK
    QUE RICA VISÃO.
    OBRIGADA.
    ODETE NEVES

  66. Ha 22 anos meti uma impugnaçao no Tribunal Fiscal de Leiria sobre a avaliaçao dum imovel.Ha cerca de 2 meses recebi o resultado dessa impugnaçao e ha cerca de 8 dias o tribunal mandou parta a PSP da minha localidade um pedido de procua de bens em meu nome para penhora ja que segundo esse Tribunal eu devia as custas daquele processo no valor de 293 Euros.
    E um processo comico …sera que tem interesse para a vossa rubrica?
    Tenho os documentes comprovativos

  67. Imagino que nesta altura já tenha desistido de dizer às pessoas que aqui escrevem que este blogue não é do programa «Nós por cá», mas sim do blogue «Jornalismo e Comunicação». Mas, confesso, já me diverti (sem maldade, claro) da impulsividade das pessoas que aqui escreveram.
    Senhores e senhoras… Isto não pertence ao «Nós por cá». Escrevam um e-mail para nos@sic.pt se quiserem ser… lidos por quem de respeito🙂
    Um voto de solidariedade😀

  68. Muito boa-tarde para todos.
    Escrevo para que seja divulgada a situação da carreira n.º 305 que faz o percurso Bairro do Espinhal/Unhos e Sacavém/Gare do Oriente.
    O percurso deste autocarro é estranho. Já moro no Catujal (freguesia -Unhos, Conselho – Loures) há 23 anos e o trajecto da mesma nunca foi alterado, bem como os seus horários, quer dizer, mais ou menos porque esta carreira só existia para os moradores de Unhos e não para os do Catujal, mas bem, continuando… Houve muitas mudanças, a população cresceu, e com o Parque das Nações tão perto pensei! que finalmente tudo ia ficar diferente mas… a carreira continua a fazer o mesmo horário desde a data que já referi que é o seguinte, de manhã existem carreiras que vão até à Gare do Oriente, mas só até às 09h30, mais ou menos, depois desta hora a mesma só vai até à estação dos Caminhos de Ferro de Sacavém, e continua assim até às 16h00, mais ou menos.Para finalizar à noite é ainda mais difícil, é de hora a hora quando aparece!, a partir das 08h00 já nenhuma carreira sai da Gare do Orinte. O horário da noite é de doidos, a carreira das 09.55 da noite, por exemplo, não existe, não há um estudo para que haja uma interligação e melhoramento dos transportes para servir melhor aquela população que com aquele trajecto só possui aquele autocarro o n.º 305 (Rodoviária).
    Também existe outro problema, As paragens deste autocarro em certas zonas pura e simplesmente não existem, enfim. Porquê?
    Além do mais os autocarros não possuem qualquer conforto. Enfim, nem parece que vivemos a 5 minutos da Gare do Oriente. Não sei de quem é a culpa, mas quero ver algumas coisas resolvidas. A câmara de Loures também podia olhar para aquela zona, pertence-lhe, pois são pagas todas as contribuições e o valor não é tão pouco quanto isso, pelo contrário são bem elevadas.
    Agradeço se por acaso derem realce a esta informação, para bem de uma população que continua a crescer.

  69. Começo por vos dar os parabens pelo vosso programa. É preciso que alguém ponha o dedo nas inúmeras feridas de que padece o nosso país, que lamento, poderá ter os seus dias contados, na medida em que em 1640 vencemos os espanhóis pelas armas, e agora não falta quase nada para que eles nos reconquistem pela economia.Mas vamos ao que interessa. Moro em Loures, devendo, potanto, ser servida a nível do Centro de Saúde de Loures.Durante muitos anos este serviço funcionou num prédio de habitação, até que, finalmente, não sei exactamente há quantos anos, foi construido um edifício que, verdade seja dita, tem umas instalações óptimas, se bem que um pouco afastado do centro da cidade. Há poucos dias, desloquei-me com uma minha familiar de 82 anos, para uma consulta que pretendiamos fosse de puro acompanhamento, pela sua médica de família.Sabem com o que nos deparámos? Com a inexistência de médicos de família para 16.500 cidadãos da zona de Loures.
    Existem apenas 2 médicas que, para além de atenderem os seus próprios doentes nos centros em que estão colocadas, veem, por especial favor, as 2ªs feiras, passar receitas, cedenciais e consultar 10 doentes que consigam marcação, para o que teem que chegar ao Centro de Saúde, às 2ªs feiras, pelas 6 horas da manhã.Para além destas 10 consultas, fazem o favor de permitir mais 2 consultas para urgência especial, ou para verificarem os resultados de exames efectuados.
    Em 1975, eu própria andei obtendo assinaturas para uma petição de um hospital para a então vila, hoje cidade de Loures. Há já vários anos que, com muita tristeza, passo num local próximo do qual se construiu num abrir e fechar de olhos, um grande centro comercial, e vejo numa placa já muito desgastada pelo tempo,onde se pode ler FUTURAS INSTALAÇÔES DO HOSPITAL DE LOURES.
    Em 2009, apesar da hospitalidade das instalações do Centro de Saúde, não há médico de família para 16.500 pessoas.
    Do Hospital pedido desde 1975, já existe terreno, mas paece-me lícito pensar que não procedem à sua construção porque depois não teem médicos para lá colocar.
    Pergunto: Onde está o dinheiro dos impostos pagos pelos contribuintes de Loures?
    Ou será que esses mesmos contribuintes não teem os seus impostos em dia, e por isso não teem direito a médicos de família?
    Por outro lado, apesar das boas instalações do Centro de Saúde, os serviços do Catus (urgéncia nocturna), foi deslocado para um outro muito bom edifício em Santo António dos Cavaleiros,mal servido de transportes para a população de Loures.Porquê?
    Gostaria de ver este assunto analizado e discutido no vosso programa, por quem de direito, com responsabilidade no mesmo, para que toda a população de Loures fosse elucidada do que alguns senhores bem instalados nas suas confortáveis poltronas, estão a fazer com a nossa terra. Fico grata pelo que conseguirem apurar e o refiram no vosso programa.

Os comentários estão fechados.