Mercado de Comunicação 08 – relatório OFCOM

O regulador britânico, OFCOM, acabada de tornar público o seu mais recente estudo sobre o mercado internacional de comunicação. A análise centra-se, sobretudo, em sete países – Reino Unido, França, Alemanha, Itália, Estados Unidos, Canadá e Japão – mas há também, nalgumas secções, a apresentação de dados relativos a outras nações: Polónia, Espanha, Holanda, Suécia e Irlanda.
Sumário das conclusões:

1. Há praticamente uma ligação de banda larga para cada quatro pessoas;
2. Utilizadores norte-americanos são os que passam mais tempo online – cerca de 15 horas/semana – e espanhóis são os que passam menos – cerca de 7,5 horas/semana;
3. A net é mais relevante no mercado publicitário do Reino Unido (19 por cento) e Suécia (17 por cento);
4. O uso simultâneo de vários meios (stacking) é já comum; uso da net com TV ronda, em média, 70 por cento;
5. O consumo de TV na web aumentou consideravelmente;
6. O consumo de net fez baixar o consumo de TV, em média, em mais de 20 por cento e o consumo de jornais/papel em cerca de 30 por cento (47 por cento na França!);
7. A banda larga móvel atinge taxas de penetração superiores a 70 por cento;
8. Vendas de música através de suportes digitais aumentou 20 por cento; downloads representam já perto de metade do mercado de vendas de música na França, no Japão e na Itália;
9. Redes sociais móveis começam a crescer em popularidade;
10. A televisão móvel ainda não conseguiu afirmar-se.

Do capítulo ‘Convergência’ retiro dois quadros que me parecem avisos muito claros, sobretudo aos jornais:
20081120_ofcom_report_internationalcommunicationsmarket08_1_w20081120_ofcom_report_internationalcommunicationsmarket08_2_w1

Advertisements