Rankings escolares: como os tratou o Público

fotoBeneditanewBenedita Portugal e Melo acaba de defender, de forma brilhante, a sua tese de doutoramento em Sociologia da Comunicação, da Cultura e da Educação, a qual incidiu sobre o modo como o jornal Público tratou a questão dos rankings escolares, entre 2001 e 2003 e as percepções sobre o mesmo assunto por parte de professores do 12º ano.
Apresentada ontem no ISCTE, a dissertação foi orientada pelo Prof. José Madureira Pinto, catedrático de Sociologia da Faculdade de Economia do Porto e pela Prof. Maria Manuel Vieira, Investigadora do Instituto de Ciências Sociais, de Lisboa.

No que ao Público diz respeito, a investigação realizada conclui que o jornal revelou um acentuado poder de agendamento (político-mediático) da matéria dos rankings, com particular incidência em 2001, ano em que ‘forçou’ o poder político a divulgar os dados dos exames nacionais. O diário contribuiu igualmente para lançar e alimentar o debate público sobre o assunto. Em contrapartida, a autora chegou à conclusão de que o debate se desenrolou em torno de um leque redutor de perspectivas ideológicas, muito marcado pela orientação do seu director e dando pouca expressão aos resultados da investigação científica sobre as questões da avaliação do ensino e da educação.

Benedita Portugal e Melo realizou um inquérito por questionário junto de 85 docentes do 12º ano do ensino secundário e analisou 1095 edições do Público, recolhendo e analisando as 2838 peças relacionadas com educação publicadas em 2001, 2002 e 2003, mais de mil das quais relacionadas com avaliação e rankings.

Enquanto se aguarda a publicação deste trabalho em livro, os interessados poderão ir lendo algumas conclusões preliminares AQUI.

Anúncios

Microblogging | 4

  • No observatório Journ@lisme(s).net, dá-se conta de um blogue alemão que faz sua razão de ser a crítica quotidiana ao Bild, o maior tablóide do país (10 milhões de leitores diários). Algumas das críticas tiveram já consequências.
  • Blogger arrests hit record high – A denúncia de violações dos direitos humanos e do comportamento dos governos está a levar cada vez mais bloggers para a prisão. A notícia é da BBC.
  • Bloggers decidem uma campanha de boicote à Associated Press por esta ter obrigado o Drudge Retort (não se trata do Drudge Report) a retirar citações de materiais daquela agência difundidos através do Google News.