Poderá falar-se de uma cidadania 2.0?

Quatro professores do Departamento de Jornalismo e Ciências da Comunicação da Universidade Autónoma de Barcelona orientam amanhã, quinta-feira, às 9.30, em Braga, um seminário de investigação sobre o tema “Las nuevas formas de participación de la ciudadanía plural en los medios de comunicación”.
Nessa sessão, que decorrerá na Sala de Seminários do Instituto de Ciências Sociais da universidade do Minho, serão apresentadas diversas investigações e projectos relacionados com a participação dos cidadãos com base nas novas tecnologias da comunicação. Será equacionada, em particular a questão: “Será que a web 2.0 cria, de facto, uma nova cidadania? Poderá falar-se de uma cidadania 2.0?

Anúncios

Um novo modelo para as notícias

A New Model for News reportNa Primavera de 2007 a Associated Press decidiu, no âmbito do seu planeamento estratégico, apostar em “compreender os patrões do consumo das notícias, indo para lá dos tradicionais dados do mercado e dos estudos de opinião”. Surgiu, então, a ideia de fazer um estudo “etnográfico” centrado num grupo de consumidores jovens adultos.

O resultado – um relatório intitulado “A New Model for News – Studying the Deep Structure of Young-Adult News Consumption” – acaba de ser apresentado no World Editors Forum, que tem vindo a decorrer em Estocolmo nestes dias e encontra-se disponível na Internet.

ACT.: Notícias sobre este relatório: