Controvérsia

“Geraldine Ferraro, uma das mais influentes políticas norte-americanas e a única democrata que foi candidata à vice-presidência dos EUA, em 1984, abandonou hoje o cargo honorífico que ocupava na campanha de Hillary Clinton, depois de ter dito, há poucos dias, que Obama só chegou tão longe na sua candidatura porque é negro e depois de ter acusado os meios de comunicação social de o ajudarem por serem machistas”.

Abertura da notícia “Assessora de Clinton demite-se após comentários controversos contra Obama“. Público – Última Hora, 13.03.2008 –