PÚBLICO: uma iniciativa curiosa!

O jornal Público tem hoje uma iniciativa curiosa. Lança com a edição do dia a edição que foi preprarada para sair no dia 2 de Janeiro de 1990, mas que nunca chegou a marcar o início oficial do jornal, cujo aniversário se comemora na próxima quarta-feira.

«O jornal que assinalou o nosso arranque em falso a 2 de Janeiro de 1990, e que hoje todos podem ler, era um jornal que celebrava a liberdade num momento especialmente entusiasmante da nossa História recente.
Por muito que não faça parte das tradições portuguesas valorizar a liberdade, gostaríamos de pensar que, entre os que nos governam, muitos pudessem repetir a famosa frase de Thomas Jefferson sobre a importância dos jornais: “Se os governos se devem basear na opinião do povo, o primeiro dever é preservar esse direito de opinião; e se tivesse de decidir entre termos um governo sem jornais ou jornais sem um governo, não hesitaria em escolher a segunda opção”.»
A Direcção Editorial

One thought on “PÚBLICO: uma iniciativa curiosa!

  1. Só a ficha técnica é, já de si, um luxo.
    A pergunta que me coloco é: seria possível, nas condições de hoje, um projecto editorial de ruptura como o foi o “Público”?

Os comentários estão fechados.