Media 2.0 em Portugal?

Vai um debate interessante no blogue Mas certamente que sim! em torno do problema do “fosso em que os portugueses caíram”, relacionado com o “media 2.0”. Já na parte dos comentários, diz Paulo Querido que “os ‘gestores’ dos media andaram anos a lamuriar-se, ‘oh, mas onde está o dinheiro na Internet’ em vez de trabalharem, atrasaram-se e foram comidos”.

Para além do caso do Sapo, uma pergunta que talvez seja interessante colocar é: por onde passa a saída do fosso (supondo que é mesmo um fosso – e provavelmente é)? Onde estão já os sinais, ainda que incipientes, de saídas ou de caminhos alternativos?

Anúncios