Luís Castro problematiza o “caso Maddie” em livro

Por que Adoptámos Maddie é, a par do relato dos factos que envolveram o desaparecimento da criança inglesa da praia da Luz na noite de 3 de Maio, uma (excelente) oportunidade para reflectir acerca da gigantesca cobertura mediática de que foi alvo este caso, que rapidamente se dimensionou à escala global. O autor do livro, o jornalista da RTP , conversou com 24 personalidades (responsáveis policiais, magistrados, académicos, políticos, jornalistas…), procurando com os seus entrevistados respostas à questão que estrutura o título do seu livro.

Na contracapa, lê-se o seguinte:
E por que razão lhe passámos a chamar ‘Maddie’, quando os pais e os familiares nunca o fizeram? Sempre os ouvimos tratar a menina por Madeleine. Na verdade, procurámos uma designação que exprimisse a diminuição do tamanho do ser, que adoçou, que encurtou a distância e criou laços emotivos e de familiaridade. ‘Maddie’ deixou de ser filha dos McCann e passou a ser filha do mundo. Esta é a grande história jornalística dos últimos anos e todos nós acabá
mos por adoptar Maddie.”

Luís Castro é jornalista da RTP desde 1992. Foi editor de Política, de Economia e Internacional na RTP-Porto e coordenador do programa de informação “Bom Dia Portugal”. É, desde 2004, coordenador do ” Telejornal” da RTP. É autor de Repórter de Guerra (Ed. Oficina do Livro), brevemente a ser traduzido na China. O lançamento deste livro está marcado para amanhã, às 21horas, na livraria Bertrand do Centro Comercial Vasco da Gama, em Lisboa. A apresentação caberá ao Presidente da Entidade Reguladora para a Comunicação Social, Azeredo Lopes.

capalc_maddie_.jpg

Anúncios

2 thoughts on “Luís Castro problematiza o “caso Maddie” em livro

  1. MADDI SERÁ ETERNAMENTE UM SIMBOLO !

    ELA SEMPRE SERÁ LEMBRADA POR TODOS COM MUITO CARINHO, E SUA MEMÓRIA SERVIRÁ PARA SER LEMBRADA
    TODAS AS OUTRAS CRIANÇAS DESAPARECIDAS.
    QUE TODAS AS AUTORIDADES NO MUNDO, PROCURE AJUDAR AS CRIANÇAS DESAPARECIDAS.

    QUE SIRVA DE EXEMPLO ESTE CASO DA MADDI, E QUE TODOS OS PAIS E MÃES, CUIDEM MELHOR DE SEUS FILHOS, NÃO OS PERCA DE VISTA JAMAIS.
    O MUNDO É CRUEL, O INIMIGO ESTÁ SOLTO, PROCURANDO DEVORAR A TODOS OS QUE ESTÃO DISTRAÍDOS.

  2. Pingback: Memória Virtual | Blogosfera em 2007 (XV)

Os comentários estão fechados.