Guiné-Bissau: narcotráfico ameaça jornalistas

RSFOs jornalistas da Guiné-Bissau que ousam investigar sobre o narcotráfico no país têm sido objecto de ameaças de morte, obrigados a esconder-se ou mesmo a fugir do país, segundo um relatório hoje divulgado pela organização Repórteres Sem Fronteiras. As pressões chegam a atingir altos cargos, citando-se o próprio ministro da Justiça do país como tendo sido também ele ameaçado de morte. Um “clima asfixiante” relativamente a tudo o que diga respeito aos negócios da cocaína é como a organização classifica o ambiente na capital do país. O relatório integral pode ser lido AQUI.

Anúncios

One thought on “Guiné-Bissau: narcotráfico ameaça jornalistas

  1. Pingback: O filtro

Os comentários estão fechados.