“Do digital ao neo-analógico”

O número 59 da revista Razón y Palabra publica o artigo “Assim caminha o jornalismo do século XXI: do digital ao neo-analógico”, da autoria dos professores universitários brasileiros  Álvaro Nunes e Cláudia de Quadros.

Fica aqui o resumo:

O jornalismo atual não aposta tanto no caminho da convergência como no da cooperação de meios. Características de diferentes meios de comunicação são apropriadas ou recriadas por outros tantos, indicando trilhas que podem ir do analógico ao digital e do digital ao neo-analógico, semelhante ao mito do Eterno Retorno aplicado ao jornalismo do século XXI. Desse percurso, destacamos o do digital ao neo-analógico, onde a mídia impressa utiliza os recursos dos diários digitais como instrumento de renovação e de aproximação com o público.

De resto, o número é dedicado a um tema sempre pertinente e oportuno: “Relações de comunicação e relações de poder“.

Anúncios

One thought on ““Do digital ao neo-analógico”

Os comentários estão fechados.