Duas notas sobre uma manchete

A propósito da peça-manchete do Público de hoje – “Quatro em cinco portugueses não querem mais tempo para estar com as famílias” – baseada em dados recentemente divulgados pelo INE sobre as características dos agregados familiares em Portugal, duas notas à margem:

– como se pode constatar pelos dados do INE relativamente à posse de TIC no lar (cf. quadro abaixo), não vai muito além de um terço a percentagem de famílias com ligação à Internet, no nosso país, ao contrário da ‘sensação’ que frequentemente fica dos discursos de quem tem voz no espaço público. Este é o lado meio vazio do copo. O meio cheio é que essa percentagem era, há cinco anos, de 15 porcento – menos de metade, portanto.

– será que o tópico que o Público escolheu para manchete tem alguma coisa a ver com o que se esconde por detrás de casos como aquele que o mesmo jornal ontem publicava e para o qual Felisbela Lopes aqui chamou oportunamente a atenção?

Posse computador e internet

One thought on “Duas notas sobre uma manchete

  1. a pergunta com que termina este post deixa-me mesmo a pensar… ! podemos des-problematizar algumas realidades, mudar o modo como valorizamos a realidade, mas temos também que ser capazes de antecipar as consequências destas escolhas.

Os comentários estão fechados.