Valerá sempre a pena?

Foi uma entrevista bem conduzida?

Foi interessante como produto televisivo de Serviço Público?

Judite de Sousa ouviu Valentim Loureiro chamar-lhe, em directo, ‘primeira dama da linha’  – foi por isso que sentiu necessidade de deixar uma original mensagem final sobre a honorabilidade de quem trabalha na RTP?

Valeu a pena?