O Sindicato dos Jornalistas e os estagiários

O Sindicato dos Jornalistas volta a criticar hoje as empresas de comunicação social, considerando continuar a verificar-se uma «utilização ilegal, imoral e inaceitável de estudantes nas redacções». Por não acolher a intervenção dos estagiários «no processo produtivo em substituição de profissionais», o Sindicato exige o fim da exploração de estudantes, considerando ainda que o aproveitamento do trabalho dos estagiários «é mais grave ainda quando persiste em empresas que têm procedido ao despedimento de jornalistas».

O comunicado pode ser lido na íntegra aqui.

[Dica do Blogouve-se]

Sobre a a verdade ‘formal’

“O problema, portanto, é que para os juízes portugueses existe apenas uma verdade: a versão da realidade que eles próprios defendem. Mas será a verdade ‘formal’ dos tribunais mais autêntica do que o discurso dos media? Ou estarão juízes a querer dizer-nos que só conta a verdade que é apoiada pela autoridade jurídica? (…) A parte da sociedade que se revolta contra a sentença de Torres Novas não está mal informada: tem uma noção de humanidade que falta ao tribunal. (…) Os media mostram que há mais do que uma verdade neste caso e procuram as respostas que o tribunal não foi capaz de encontrar. Sendo assim, qual dos dois estará a faltar à verdade?”

Miguel Gaspar, “Faltar à verdade”, DN, 22.1.2006